PLACAR

Mertens supera Osaka e desafia Gauff nas oitavas

Elise Mertens (Foto: Hannah Foslien/BNP Paribas Open)

Indian Wells (EUA) – Depois de ter vencido em sets diretos seus dois primeiros jogos no WTA 1000 de Indian Wells, Naomi Osaka parou na terceira rodada. A ex-número 1 do mundo e campeã do torneio em 2018 foi superada nesta segunda-feira pela belga Elise Mertens, 28ª do ranking, que marcou as parciais de 7/5 e 6/4 em 1h50 de partida.

Este foi o quinto torneio que Osaka que disputou desde seu retorno ao circuito em janeiro. A japonesa de 26 anos se tornou mãe em julho. Ela já chegou às quartas no WTA 1000 de Doha, há quatro semanas. E no último sábado, venceu a top 15 russa Liudmila Samsonova em sets diretos. Atualmente ocupando o 287º lugar do ranking, ela deverá subir para a 228ª posição.

Esta foi apenas a segunda vitória de Mertens em cinco jogos contra Osaka no circuito, sendo que a japonesa havia vencido as três últimas. A única vez que a belga havia levado a melhor anteriormente foi no WTA 1000 de Wuhan de 2017. Ela agora desafia a norte-americana Coco Gauff, número 3 do mundo e vencedora dos três duelos anteriores.

Como já vinha acontecendo em outras partidas que Osaka disputou nesse retorno ao circuito, a japonesa conseguia manter a competitividade com seu bom desempenho no saque e a potência dos golpes de fundo, mas a falta de ritmo ainda compromete sua movimentação em quadra. E diante de uma adversária muito sólida, como é o caso de Mertens, isso ficava cada vez mais aparente.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Apesar de a partida ter começado com alguns games longos, Mertens vinha levando vantagem nos pontos mais importantes. Ela saiu vencendo por 3/0 com duas quebras e tendo escapado de um break-point. Em vantagem no placar e com 40-0 no saque, ela arriscou um ace de segundo serviço, e fez uma dupla falta. Osaka iniciou uma forte reação e virou o placar para 4/3.

Quando a japonesa liderava por 5/4, Mertens encarou um longo game de serviço, mas conseguiu se salvar. No game seguinte, a belga conseguiu uma quebra de zero e ganhou confiança. Pouco depois, definiu a parcial em seu saque. O set com 1h de duração terminou com 11 a 9 em winners para a japonesa, que cometeu 13 erros contra 11 da belga.

Logo na abertura do segundo set, Mertens voltou a quebrar e ficou em situação ainda mais confortável no placar. Ela abriu 3/1, permitiu o empate em um game com duas duplas faltas, mas retomou a vantagem no game seguinte, após um erro não-forçado da japonesa com o backhand. Sacando para o jogo, Mertens escapou de um 15-40 e ainda salvou mais um break-point com ace de segundo serviço antes de confirmar a vitória em sets diretos. Osaka fez 7 a 5 nos aces e 20 a 16 nos winners, mas cometeu 25 erros contra 16 de Mertens. A belga aproveitou cinco das dez chances de quebra e perdeu três games de saque.

Kasatkina vira o jogo contra Stephens
Finalista de Indian Wells em 2018, superada pela própria Osaka naquela final, a número 12 do mundo Daria Kasatkina garantiu vaga nas oitavas após vencer a norte-americana Sloane Stephens, 44ª do ranking, por 2/6 6/4 e 6/4 em 2h13 de partida.

Esta foi apenas a segunda vitória da russa em seis jogos contra Stephens no circuito e ela devolve a recente derrota sofrida no Australian Open. Sua próxima rival será a chinesa Yue Yuan, 49ª colocada e que está invicta há oito jogos, com um recente título em Austin e uma vitória sobre a número 8 do mundo Qinwen Zheng, finalista do Australian Open, na segunda rodada de Indian Wells.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE