PLACAR

Osaka marca a maior vitória do ano contra a top 15 Samsonova

Foto: BNP Paribas Open

Indian Wells (EUA) – O retorno de Naomi Osaka ao circuito profissional, depois de uma pausa para se tornar mãe no ano passado, vai aos poucos ganhando vitórias expressivas. Em seu segundo compromisso no WTA 1000 de Indian Wells, a japonesa eliminou a russa Liudmila Samsonova, número 15 do mundo, com parciais de 7/5 e 6/3 em 1h40 de partida.

Até então, a maior vitória de Osaka no ano era sobre a francesa Caroline Garcia na primeira rodada de Doha, há três semanas. Ex-número 1 do mundo e campeã de Indian Wells em 2018, a japonesa agora acumula cinco vitórias e quatro derrotas na atual temporada. Ela ocupa atualmente o 284º lugar do ranking, mas já vai ganhar mais de 60 posições.

A próxima adversária de Osaka em Indian Wells será a belga Elise Mertens, 28ª do ranking, que venceu a chinesa Xinyu Wang, 42ª colocada, por 6/1 e 6/4. A japonesa lidera o histórico de confrontos contra a belga por 3 a 1. O duelo mais recente foi em 2021.

O primeiro set da partida teve alguns altos e baixos, já que Osaka chegou a liderar por 4/1, tomou a virada para 5/4, mas devolveu a quebra quando Samsonova sacava para fechar. A japonesa ganhou confiança e terminou a parcial vencendo três games seguidos.

Já a segunda parcial teve apenas uma quebra e Osaka escapou de três break-points para conseguir fechar a partida. As duas jogadoras fizeram o mesmo número de winners, 13, mas Samsonova cometeu 33 erros contra 22 da japonesa. A ex-número 1 quebrou quatro vezes e só perdeu dois games de saque.

Bicampeã, Azarenka não passa da estreia na Califórnia
Enquanto Naomi Osaka conseguiu uma grande vitória neste sábado, a bicampeã Victoria Azarenka não passou da rodada de estreia. A bielorrussa de 34 anos e ex-número 1 do mundo é a atual 30ª do ranking e foi superada pela norte-americana Caroline Dolehide, 51ª colocada, que marcou as parciais de 7/5, 2/6 e 6/3. Dolehide certamente enfrentará uma chinesa, a cabeça 8 e finalista do Australian Open, Qinwen Zheng, ou a recente campeã do WTA de Austin, Yue Yuan.

Ainda neste sábado a norte-americana Sloane Stephens, ex-top 3 e atual 44ª do ranking aos 30 anos, superou a romena Sorana Cirstea, 22ª colocada, por 6/0 e 7/5. Stephens enfrenta na terceira fase a russa Daria Kasatkina, número 12 do mundo e finalista do torneio em 2018. A norte-americana lidera o histórico de confrontos por 4 a 1.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
trackback

[…] em julho. Ela já chegou às quartas no WTA 1000 de Doha, há quatro semanas. E no último sábado, venceu a top 15 russa Liudmila Samsonova em sets diretos. Atualmente ocupando o 287º lugar do ranking, ela deverá subir para a 228ª […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE