PLACAR

Melo e Zverev salvam 2 match-points e superam favoritos

Foto: Divulgação

Roma (Itália) – Vice-campeões do Masters 1000 de Monte Carlo, o mineiro Marcelo Melo e o alemão Alexander Zverev voltaram a jogar juntos no Masters 1000 de Roma e mostraram força de cara. Abrindo campanha contra o norte-americano Austin Krajicek e o britânico Neal Skupski, eles levaram a melhor sobre os cabeças de chave 4 em três duros sets, com o placar final de 7/6 (7-0), 6/7 (5-7) e 11-9.

Depois de gastar 2h16 para superar a primeira rodada, Melo e Zverev terão pela frente o cazaque Alexander Bublik e o norte-americano Ben Shelton, que eliminaram o dueto formado pelo norte-americano Frances Tiafoe e o canadense Félix Auger-Aliassime com parciais de 6/1, 6/7 (6-8) e 10-7. Logo após este jogo, em momento curioso, mal comemorou a vitória e Bublik mudou para a quadra do lado para treinar com o russo Daniil Medvedev.

“Acho que foi um belo jogo nosso hoje. Com certeza muito duro, jogando contra dois duplistas de alto nível já na primeira rodada aqui em Roma. Tivemos de parar por causa da chuva ganhando 4-3 no tiebreak, eles acabaram levando o segundo set. Tivemos vantagem no match-tiebreak, depois salvamos dois match-points. Enfim, tem muito mais coisas positivas para tirar dessa estreia e vamos com tudo agora na próxima rodada”, disse Marcelo.

Começo muito firme de partida

Melo e Zverev foram firmes demais com o saque em todo o primeiro set, vencendo 82% dos pontos disputados. Eles perderam apenas quatro pontos em seus quatro primeiros games de serviço e só foram ter um pouco mais de trabalho no 12º, quando enfrentaram 30-30, mas sequer tiveram um break-point contra.

Do outro lado, Krajicek e Skupski também foram bem com o saque, mas chegaram a ser ameaçados no sétimo game, quando precisaram salvar dois break-points para confirmar. Sem quebras, a definição foi para o tiebreak, no qual o mineiro e o alemão tiveram um domínio inesperado, vencendo sem perder um ponto sequer.

Reação dos rivais e vitória no sufoco

No segundo set, o norte-americano e o britânico reagiram, chegaram a abrir 5/3, mas foram quebrados no décimo quando sacavam para fechar, perdendo um set-point. A definição foi então para o tiebreak que foi paralisado por chuva quando Melo e Zverev tinham um mini-break de frente. Na volta, eles perderam o saque duas vezes e viram Krajicek e Skupski empatar o jogo.

A decisão ficou para o match-tiebreak, que teve primeiro Melo e Zverev abrindo 7-5, para depois perderem quatro pontos seguidos. Krajicek e Skupski abriram então 9-7, só que perderam os dois match-points que tiveram e acabaram empacando no placar, com o alemão e o mineiro vencendo quatro pontos seguidos para ficar com a vitória.

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Claudemir
Claudemir
12 dias atrás

Parabéns Melo, vitória gigante na primeira rodada. Boa sorte durante este torneio.

Gustavo
Gustavo
12 dias atrás

Que vitória, parabéns! Pegaram um sorteio muito ingrato e passaram!
E, corrigindo a matéria, infelizmente eles foram vices em Monte Carlo

Acácio Kalafataz
Acácio Kalafataz
12 dias atrás

Que isso, Melo? E como ficam os haters que te aposentaram aqui no site?

Jose Maria
Jose Maria
11 dias atrás
Responder para  Acácio Kalafataz

Esses haters terão que, eles próprios se aposentarem dos comentários desrespeitosos.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE