PLACAR

Meligeni, Luz e Pereira estreiam bem em Campinas

Orlando Luz (Foto: João Pires/Fotojump)

Campinas (SP) – Três brasileiros venceram na tarde desta terça pela primeira rodada da chave principal do ATP Challenger de Campinas, na Sociedade Hípica. O paulista Felipe Meligeni, o gaúcho Orlando Luz e o pernambucano José Pereira avançaram no torneio disputado no saibro, que distribui US$ 130 mil em prêmios e 100 pontos no ranking ao campeão. O Santander é o patrocinador oficial.

Jogando em sua cidade natal, Felipe Meligeni venceu o experiente paulista de 35 anos Daniel Dutra da Silva, 417º do ranking, por 6/2 e 7/6 (7-4). O campineiro de 25 anos e 142º do mundo é o cabeça 7 do torneio e atual número 2 do Brasil. Seu próximo rival é o argentino Roman Burruchaga, algoz do paulista Nicolas Zanellato por 4/6, 6/4 e 6/2.

“Senti que hoje não saquei tão bem. Errei muitos primeiros saques e também não é fácil jogar contra o Dani, muito amigo meu, que dá tudo em quadra. O clima também foi um adversário, está muito úmido. Mas fiquei satisfeito por ter mantido a calma. Se fosse o Meligeni de um tempo atrás, poderia ter saído do jogo ali. Mas estou me sentindo muito bem, no melhor momento da minha carreira e me preparei demais para este torneio, que é tão especial para mim”, avaliou Meligeni após a partida.

Em outro duelo nacional, José Pereira levou a melhor contra o paulista Pedro Sakamoto e marcou 7/5 e 6/3. Os dois brasileiros viram do quali em Campinas. Atual 615º do ranking aos 32 anos, Pereira enfrenta o jovem argentino de 22 anos Francisco Comesana, 127º colocado, que derrotou o dominicano Nick Hardt por 7/5, 0/6 e 6/2.

Também vindo do quali, o Orlando Luz eliminou o experiente argentino de 31 anos e 216º colocado Andrea Collarini por 6/3 e 6/2. O gaúcho de 25 anos e 442º do ranking desafia o argentino Federico Coria, principal cabeça de chave e número 83 do mundo, que venceu o carioca Wilson Leite por 6/2, 6/7 (4-7) e 6/1.

“A estratégia que tracei com meu treinador foi encurtar mais os pontos. As condições aqui em Campinas estão difíceis, o clima está bastante úmido e quente, então queria deixá-lo desconfortável, fazê-lo jogar os pontos se movendo, porque, parado, ele é muito perigoso. Então, fico muito feliz de ter dado certo e agora tenho um dia a mais para descansar. Cada jogo é uma primeira rodada”, comemorou Luz.

Pucinelli, Gimenez e Ribeiro caem na estreia
Outros três brasileiros em quadra nesta terça-feira foram superados na estreia. O paulista Matheus Pucinelli perdeu por 6/1 e 6/4 para o italiano Luciano Darderi. O também paulista Igor Gimenez, que veio do quali, sofreu 6/0 e 6/3 do argentino cabeça 8 argentino Camilo Carabelli.

Já o gaúcho Eduardo Ribeiro perdeu por 6/1 e 6/3 para o boliviano Hugo Dellien, cabeça 6. Foi uma revanche para Dellien, superado por Ribeiro na semana passada em Bogotá. O boliviano enfrenta o argentino Santiago Taverna, que no fim de noite da última segunda-feira derrotou o convidado Enzo Lima por 7/5, 5/7 e 6/2 em partida com 3h02 de duração.

A 13ª edição do Campeonato Internacional de Tênis é apresentado pelo Santander, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, e conta com o copatrocínio de EMS Farmacêutica, Esfera, Hospital Vera Cruz, Comgás, Lenovo, Atlas Schindler, Alupar, Taesa, BYD DAHRUJ, Azul Linhas Aéreas – Transportadora Oficial, Trinity, EY, INNI Sports – Bola e Roupa Oficial, Stella Artois Pure Gold, Grupo Placar – Grama Sintética, Aberje, Eletromidia, ESPN e STAR+.

O ATP Challenger de Campinas também reúne o apoio da Sociedade Hípica de Campinas, sede da competição, e integra o calendário mundial ATP Challenger Tour 100. A realização é do Instituto Sports.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE