PLACAR

Meligeni lidera brasileiros em challenger no Equador

Foto: João Pires/Fotojump

Guayaquil (Equador) – Atual número 3 do Brasil no ranking da ATP, Felipe Meligeni lidera os jogadores nacionais na disputa do challenger de Guayaquil, em quadras de saibro no Equador. Além de Meligeni, Matheus Pucinelli e João Lucas Reis entaram diretamente na chave. Mas o número de brasileiros no torneio pode aumentar após o quali.

Meligeni, aliás, foi sorteado em um setor da chave em que poderia enfrentar dois tenistas vindos do quali nas duas primeiras rodadas. O paulista de 25 anos de 147º do ranking é o cabeça 7 em Guayaquil e está no mesmo quadrante do argentino Facundo Diaz Acosta, cabeça 3 do torneio e medalhista de ouro nos Jogos Pan Americanos de Santiago.

Do outro lado da chave, Matheus Pucinelli enfrentará um convidado na estreia. O jovem paulista de 22 anos e 397º do ranking joga contra o equatoriano Andres Andrade, 594º colocado. Se vencer, ele pode desafiar o chileno Alejandro Tabilo ou um tenista do quali.

João Lucas Reis pegou uma chave mais difícil. O pernambucano de 23 anos e 318º do ranking desafia o argentino Camilo Carabelli, 153º do ranking e cabeça 8. Se vencer, pode enfrentrar o italiano Luciano Darderi ou o tcheco Dalibor Svrcina. E seu quadrante tem o argentino Juan Manuel Cerundolo, quarto cabeça de chave.

Quatro vitórias no primeiro dia do quali
Sete brasileiros jogaram no primeiro dia do quali, com quatro vitórias. Pedro Sakamoto venceu o equatoriano Miguel Larrea por 6/3 e 6/0 e enfrenta o colombiano Nicolas Mejia, algoz de Paulo Saraiva por 6/2 e 7/6 (7-5). Já Pedro Boscardin passou pelo colombiano Andres Urrea por 6/0, 4/1 e desistência. Ele desafia o holandês Max Houkes, que bateu Gilbert Klier por 7/6 (7-5) e 6/3.

Também avançaram Mateus Alves, que venceu o peruano Arklon Huertas por 6/1 e 6/4 e enfrenta o argentino Juan Bautista Torres, enquanto Nicolas Zanellato fez 6/0 e 6/3 contra o convidado local Marcos Lee Chan Baratau e enfrenta o sul-coreano Gerard Campana Lee. Ainda neste domingo, Wilson Leite perdeu por 3/6, 7/5 e 6/1 do espanhol Carlos Taberner.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE