PLACAR

Meligeni faz semi e se aproxima do melhor ranking

Foto: Challenger de Guayaquil

* Atualizado com a definição de adversário e horário da semifinal

Guayaquil (Equador) – Depois de duas vitórias em três sets nas fases iniciais, Felipe Meligeni venceu com mais tranquilidade seu terceiro jogo no challenger de Guayaquil e garantiu vaga na semifinal do torneio quadras de saibro no Equador. Cabeça 7 no torneio e 147º do ranking, ele liderava o placar contra o argentino Facundo Diaz Acosta, 107º do mundo, por 6/1 e 3/1, quando o rival se retirou da disputa por lesão na perna esquerda.

Vencedor de três títulos de nível challenger, um deles este ano em Lyon, Meligeni tenta alcançar sua quinta final da carreira e a segunda na temporada. Depois de passar pelo medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, ele enfrenta o colombiano Daniel Galan, 96º do ranking e cabeça 2 do torneio, que venceu o boliviano Hugo Dellien por 6/1 e 6/2. Galan levou a melhor nos dois duelos anteriores. O reencontro será no sábado, por volta de 14h30 (de Brasília).

A campanha até as quartas rende 35 pontos na ATP para Meligeni, que está subindo para o 135º lugar. O torneio da 75 pontos para o campeão e 50 para o vice. Em caso de título, ele voltará ao grupo dos 130 melhores e possivelmente irá superar a melhor marca da carreira, a 129ª posição. Além disso, o paulista de 25 anos tem a chance de ultrapassar o cearense Thiago Monteiro como número 2 do Brasil.

Durante o set inicial, Meligeni criou break-points em todos os quatro games de saque do argentino. Ele conseguiu três quebras e não enfrentou break-points, perdendo apenas três pontos em seu serviço. Logo no início da segunda parcial, ele voltou a quebrar e fez 3/1, ainda com pressão constante sobre o serviço do rival, que abandonou a disputa após 45 minutos em quadra.

Alves e Boscardin caem na semifinal de duplas
A parceria nacional formada pelo paulista Mateus Alves e o catarinense Pedro Boscardin perdeu na semifinal de duplas para o suíço Luca Margaroli e o argentino Santiago Taverna por 7/5 e 6/4. Eles recebem 30 pontos na ATP pela campanha. Alves, de 22 anos, é o número 400 do ranking de duplas. Boscardin, de apenas 20 anos, ocupa o 187º lugar, uma posição abaixo de seu recorde pessoal.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE