PLACAR

Medvedev inicia bem a defesa do título, De Minaur também vence

Foto: Adelchi Fioriti/FITP

Roma (Itália) – Atual campeão do Masters 1000 de Roma, Daniil Medvedev iniciou bem a defesa do título nas quadras de saibro da capital italiana. O atual número 4 do mundo superou neste sábado o britânico Jack Draper, jovem de 22 anos e 40º do ranking, com parciais de 7/5 e 6/4 em 1h47 de partida. Esta também foi a centésima vitória do russo de 28 anos em Masters 1000.

“Não foi fácil. Sinto que as condições estão completamente diferentes das do ano passado e também de Monte Carlo e Madri”, avaliou Medvedev após a partida. “Aqui é muito lento e pesado. Você precisa mover o seu adversário lateralmente, deixa ele cansado, mas também fica cansado. Eu sabia disso antes da partida, então estou feliz por ter conseguido vencer”.

Em um primeiro set com cinco quebras, Medvedev chegou a liderar por 5/3. Ele permitiu o empate, mas voltou a quebrar na sequência e ainda salvou break-point no último game da parcial. Já no segundo set, o russo abriu 5/1, foi quebrado quando sacava para o jogo, mas tinha uma vantagem confortável para fechar em dois sets.

O adversário de Medvedev na terceira rodada será o jovem sérvio de 20 anos Hamad Medjedovic, 121º do ranking, que derrotou o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, 33º colocado, com parciais de 7/6 (7-4) e 6/4. O confronto é inédito no circuito e Medjedovic vai em busca da primeira vitória contra top 10.

Boas estreias de Tommy Paul, Alex de Minaur e Nicolas Jarry

No mesmo setor da chave de Medvedev e Medjedovic, o norte-americano Tommy Paul também estreou com vitória. Cabeça 14 do torneio e 16º do ranking, ele venceu o russo Aslan Karatsev por 6/4 e 6/2. Havia a possibilidade enfrentar o compatriota Frances Tiafoe, mas o atual 25º do ranking perdeu para o alemão Dominik Koepfer, 52º colocado, por 6/4 e 6/2. Paul venceu Koepfer uma vez este ano em Dallas. Já em 2017, ocorreram dois duelos por torneios menores, com uma vitória para cada lado.

Já o australiano Alex de Minaur, número 11 do mundo, bateu o espanhol Roberto Carballes Baena, 62º do ranking, por 6/3 e 6/2. Seu próximo adversário pode ser o canadense Félix Auger-Aliassime, finalista em Madri, ou o holandês Botic van de Zandschulp, que veio do quali.

Quem também avançou foi Nicolas Jarry, 24º do ranking. O chileno venceu o jovem italiano de 23 anos Matteo Arnaldi, 37º colocado, por 6/2 e 7/6 (8-6). Seu próximo adversário será outro tenista da casa, o convidado Stefano Napolitano, de 29 anos e 125º do ranking, que venceu o jovem chinês de 19 anos e 105º do mundo Juncheng Shang por 6/7 (3-7), 6/1 e 6/0.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wild enfrenta inspirado Monfils e a torcida francesa em Paris

A homenagem de Roland Garros ao adeus de Alizé Cornet

PUBLICIDADE