PLACAR

Medjedovic espera arrancada e agradece Djokovic

Foto: Peter Staples/ATP Tour

Turim (Itália) – Numa galeria de campeões que já teve nomes como Carlos Alcaraz, Jannik Sinner e Stefanos Tsitsipas, o sérvio Hamad Medjedovic sai do Next Gen Finals muito mais do que com o título invicto. Entra automaticamente também para a ala da nova geração que poderá atingir grandes resultados em 2024.

“Ganhar aqui é incrível”, afirmou o jogador de 20 anos, que derrotou o favorito francês Arthur Fils numa final emocionante e de grande qualidade. “Ainda é duro processar tudo que aconteceu. O jogo foi muito duro e fiquei perto de enlouquecer quando deixei escapar os set-points do primeiro set, mas me mantive relaxado e focado”.

A meta imediata de Medjedovic é entrar para o top 100, o que aparentemente não será difícil, já que ele ocupa o 110º posto do momento. “Esta conquista me dá muita confiança para a próxima temporada. Tenho um grande jogo com bolas pesadas, mas ainda há muito o que trabalhar. Fisicamente preciso evoluir e utilizarei a pré-temporada para isso. Também necessito melhorar o foco dentro de quadra”.

Medjedovic teve um grande empurrão na carreira, já que passou a ter ajuda direta de Novak Djokovic para cobrir despesas e poder viajar pelo circuito, sem falar no apoio, o que o garoto acha ainda mais importante: “Novak Djokovic tem me ajudado financeiramente, me dando tudo o que preciso para minha carreira. Ele cobriu tudo. Não apenas me ajudou quando eu precisei, mas ainda está me ajudando de todas as maneiras. Quando peguei meu celular, vi sua mensagem de voz de mais de um minuto. Ele é uma lenda. porque está sempre disponível para aconselhar”, contou.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Com a conquista de Medjedovic, o tênis sérvio conquistou os dois Finals que encerram a temporada masculina de 2023 e isso o deixou ainda mais orgulhoso. “É um grande feito para nosso país”, destacou. E agradeceu o público saudita: “Tive a sorte de ter a torcida a meu lado desde o primeiro jogo. Eles gritaram por mim e pude sentir isso. Agradeço demais por estarem a meu lado”.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rodri
Rodri
2 meses atrás

Enquanto uns são bons com palavras, outros são com ações. Ser bom é diferente de parecer bom

Osvaldo
Osvaldo
2 meses atrás

Taí o cara que vai destruir o Djokovic

Daniel
Daniel
2 meses atrás
Responder para  Osvaldo

Não tem como destruir um cara como o Djokovic kkk

Rosa
Rosa
2 meses atrás
Responder para  Osvaldo

Djo está ensinando ele a pescar. Mas quem pega tubarão não é qualquer um não. Calma…. Um dia ele chega lá.

Elias Aguiar
2 meses atrás

Novak sempre muito solidário! Lenda que não só diz, mas FAZ !

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE