PLACAR

McDonald desiste de Miami e Wild fica mais perto de vaga

Mackenzie McDonald (Foto: Mike Lawrence/ATP Tour)

Miami (EUA) – Um dia após a confirmação da desistência de Novak Djokovic, mais um jogador confirmou que não disputará o Masters 1000 de Miami, a partir da próxima semana. Trata-se do norte-americano Mackenzie McDonald, atual número 68 do ranking, que não disputa uma partida desde a derrota na estreia do Australian Open em janeiro. Em seu lugar entrará o alternate sul-coreano Kwon Soon-woo.

Com a saída de McDonald, o paranaense Thiago Wild fica agora a duas desistências de garantir um lugar na chave principal, atrás apenas do francês Hugo Gaston na lista de substitutos. Segundo informações da imprensa internacional, o argentino Tomas Etcheverry corre contra o tempo para se recuperar de um problema físico e pode ser uma nova baixa no torneio, o que deixaria o jogador brasileiro como o primeiro alternate.

Caso não consiga uma vaga direta para a chave principal, Wild terá de encarar mais uma vez o qualificatório, que começa já na segunda-feira e no qual ele seria cabeça 1. O paranaense de 24 anos disputou uma vez o torneio de Miami, caindo na primeira rodada em 2021 depois de furar o quali. Ele também jogou a fase prévia na Flórida em 2022, mas foi eliminado logo na estreia, assim como aconteceu no Masters 1000 de Paris no ano passado.

Já na atual temporada, o número 1 do Brasil superou o quali de Indian Wells e chegou à terceira rodada do torneio, registrando assim sua melhor campanha em um evento de nível 1000. Atual 65º do mundo, Wild está com o melhor ranking da carreira, mas caíra dez posições na atualização da próxima semana, já que defendia 128 pontos referentes às campanhas em challengers no Chile em 2023.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE