PLACAR

Luis Britto é finalista de duplas e busca seu 1º challenger

Luis Britto (Foto: João Pires/Fotojump)

Tucumán (Argentina) – A semana de Luis Britto na chave de duplas do challenger de Tucuman segue com resultados positivos. O paulista de 30 anos garantiu vaga na final ao lado do argentino Gonzalo Villanueva. Cabeças de chave 2, Britto e Villanueva venceram o uruguaio Ignacio Carou e o argentino Hernan Casanova por 7/6 (7-4) e 6/3.

Britto ainda busca seu primeiro título de challenger nas duplas, tendo conquistado três títulos profissionais de nível future na carreira e venceu este ano o ITF M25 de Maceió ao lado do brasiliense Paulo Saraiva. Os adversários na final serão o australiano Patrick Harper e o britânico David Stevenson.

O torneio argentino em quadras de saibro dá 50 pontos na ATP aos campeões e 30 para os vices. Britto ocupa o 328º lugar do ranking de duplas. O brasileiro está entrando no top 300 e pode chegar ao 277º lugar em caso de título.

Décamps e Saraiva caem nas quartas em Santiago, brasileiros jogam final de duplas

O paulista Gabriel Décamps e o brasiliense Paulo Saraiva caíram nas quartas de final do ITF M15 de Santiago, em quadras de saibro na capital chilena.

Cabeça 2 do evento e 659º do ranking, Décamps foi superado pelo chileno Daniel Antonio Nunez, 902º colocado, por 6/4 e 6/1. Já Paulo Saraiva, 907º do ranking, caiu diante do argentino Facundo Mena, principal cabeça de chave e 401º do mundo, por 6/2, 6/7 (2-7) e 6/0.

Mas na chave de duplas, uma parceria brasileira está na final. Joaquim Almeida e Rafael Tosetto venceram os japoneses Kosuke Ogura e Leo Vithoontien por 6/7 (4-7), 7/5 e 10-6. Eles enfrentam na decisão os chilenos Alejandro Bancalari e Benjamin Torres.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Parabéns aos brasileiros, sempre lutando. O Saraiva deu uma subida no seu sarrafo. Tô gostando de ver.

Última edição 1 mês atrás by Haroldo Guimarães

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE