PLACAR

Lehecka derruba Nadal e repete seu melhor Masters

Jiri Lehecka (Foto: Mutua Madrid Open)

Madri (Espanha) – Pela segunda vez em sua carreira profissional, Jiri Lehecka disputará as quartas de final de um Masters 1000. Depois de ter feito uma ótima campanha no piso duro de Indian Wells, o tcheco de 22 anos e atual 31º do ranking repetiu a dose no saibro de Madri, ao eliminar nesta terça-feira o pentacampeão Rafael Nadal com parciais de 7/5 e 6/4 em 2h01 de partida.

Também algoz de Thiago Monteiro na terceira rodada em Madri, Lehecka enfrenta nas quartas de final o russo Daniil Medvedev, 4º colocado no ranking. O único duelo anterior entre eles foi vencido por Medvedev, na grama de Wimbledon no ano passado.

Ao superar Nadal no saibro, Lehecka também se tornou o jogador de pior ranking a vencer ao espanhol em sua superfície favorita em torneios Masters 1000 ou Grand Slam. Até então, o recorde pertencia ao argentino Gaston Gaudio, que era o 29º do ranking no Masters de Hamburgo em 2003. O tcheco também tenta se reaproximar do melhor ranking da carreira, o 23º lugar.

Nadal conseguiu três vitórias no torneio

Para Nadal, o aspecto positivo da campanha em Madri são as três vitórias que ele conseguiu no torneio, uma delas sobre o australiano Alex de Minaur, número 11 do mundo. O espanhol também passou pelo convidado norte-americano de 16 anos Darwin Blanch e venceu uma batalha de 3h contra o argentino Pedro Cachin na terceira rodada.

Aos 37 anos e tentando voltar ao circuito depois de ter sofrido uma lesão no quadril que comprometeu suas duas últimas temporadas, o espanhol não vencia três seguidas desde 2022. Embora ocupe atualmente apenas o 512º lugar da ATP, Nadal solicitou o ranking protegido para entrar na chave em Roland Garros, mas já disse que só vai jogar se ele sentir que tem condições de ser competitivo. Após a partida, o espanhol recebeu homenagens em quadra, relembrando momentos marcantes de seus cinco títulos.

Lehecka enfrentou apenas um break-point

O primeiro set da partida teve apenas uma quebra, conquistada por Lehecka já no penúltimo game da parcial. Pouco antes, o tcheco salvou único break-point que enfrentou em toda a partida, com um winner de backhand na paralela para manter o serviço e fazer 4/4. Ele também havia escapado duas vezes de 0-30. Nadal, por sua vez, não escondeu a frustração pelas oportunidades desperdiçadas e perdeu os últimos oito pontos do set. Muito mais agressivo em quadra, o tcheco tinha 18 a 5 nos winners e cometeu 17 erros contra 8.

Lehecka foi impecável nos games de serviço durante o segundo set. Além de executar com eficiência o jogo de saque e primeira bola, o tcheco também estava muito confortável nas subidas à rede. Não demorou para que ele conseguisse uma quebra logo cedo e saísse vencendo por 2/0. E Nadal teve que lutar muito para salvar três break-points no terceiro game da parcial. A torcida na Caixa Mágica ficou inflamada, gritava “Sí, se puede” e tentava empurrar o ídolo espanhol, mas Lehecka se manteve frio e fiel às táticas para seguir mantendo o saque até fechar o jogo em sets diretos.

 

31 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
21 dias atrás

Rafa continua um lutador admirável, mas hj pegou um grande adversário! Lehecka é muito completo! E que homenagem emocionante pro Rafa! Satisfação ter acompanhado a carreira dessa lenda!

Joselito
Joselito
21 dias atrás

O Jeleka jogou demais. Não errou um voleio e sacou muito.
Nadal no saibro realmente é um monstro. Mesmo o adversário jogando muito, ainda igualou o jogo.

Osvaldo
Osvaldo
21 dias atrás

isso aí, Nadal ! o homem tá com tudo de novo ! Vc vai voltar mais forte do que nunca ! rumo ao 15º RG !
#rumoaos25slams #euacredito

Aluizio
Aluizio
21 dias atrás
Responder para  Osvaldo

Kkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkk kkkkkk

Jorge Luiz
21 dias atrás
Responder para  Osvaldo

É sério!!??

Ricardo
Ricardo
21 dias atrás

Obrigado, Rafa.

JClaudio
JClaudio
21 dias atrás

O maior competidor do esporte está parando.
Merece todas homenagens.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
21 dias atrás

A homenagem foi emocionante. Não há como negar.

Ricardo Schwery
Ricardo Schwery
21 dias atrás

Gracias RAFA por tantos anos incríveis!

Adriano Veiga
Adriano Veiga
21 dias atrás

Essas duas partidas contra De Minaur e Lehecka pode dar alguma esperança a Nadal e seus fãs, mas no cômputo geral a impressão é que não dá pra jogar três sets nesse nível atual.
Pra mim o grande diferencial foi o jogo contra o argentino Cachin que não tem uma grande movimentação, nem potencia nem muitos recursos, o que em outros tempos era 6/1 6/2 pro Nadal e foi aquele sufoco como vcs viram…
Qualquer jogador que tenha mais potencia e algumas armas minimamente ofensivas como o Lehecka, vai vencer o Nadal.

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
21 dias atrás
Responder para  Adriano Veiga

Onde assino, Adriano. A dúvida em relação a RG é se vai apenas para ser homenageado. A despedida já está praticamente confirmada para as Olimpíadas com direito a dupla com Alcaraz. E o local é o mesmo…Abs!

Sérgio Ribeiro
Sérgio Ribeiro
21 dias atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

Esqueci que o Touro já se inscreveu na LAVER CUP . Talvez faça algo semelhante a Federer…Abs!

Paulo Almeida
Paulo Almeida
21 dias atrás
Responder para  Sérgio Ribeiro

Sr. SR deu tempo do Blog, mas aparece nas notícias.

Rsrsrs, abs!

Bruno
Bruno
21 dias atrás

Então o Monteirão perdeu de menos do que o Nadal!

Gabriel
Gabriel
21 dias atrás
Responder para  Bruno

Quem é o tal do “monteirão” para ousar sequer ser citado numa mesma frase que Rafael Nadal? Hater é um caso muito sério…

Fernando
Fernando
21 dias atrás

Rafa evitou correr muito, por isso perdeu. O tcheco estava batendo muito forte. Rafa deve estar poupando as pernas para a despedida de Roland Garros.

Alexandre Monteiro
Alexandre Monteiro
21 dias atrás

Aposenta karai…

André Barcellos
André Barcellos
21 dias atrás

Daí a gente vê a pedreira que Monteiro enfrentou. O theco tá voando nessa quadra.
Monteiro tá jogando bem no saibro.

Edson
Edson
21 dias atrás

Chega a ser constrangedor o esforço da torcida e da mídia contra o adversário, que foi muito calmo e soube levar o jogo na boa, sabendo que no final sairia vencedor, imagina se fosse o djokovic jogando contra Nadal na Espanha, com certeza saiu fora pra evitar esse tipo de situação, deixa o encontro com Nadal para outro paiz……

Marcelo Ikeda
Marcelo Ikeda
21 dias atrás

que chance o monteiro perdeu hein rs

Alexandre
Alexandre
21 dias atrás

Rafa lenda. E esse jogo valorizou o jogo do Monteiro

Luiz Henrique
Luiz Henrique
21 dias atrás

Já vimos temporada que Nadal foi sofrível nos torneios de saibro e quando chegou RG, ganhou. Se ele pegar ritmo e não sofrer com lesões, pode vir forte, ainda mais que será sua despedida.

Yuri Anjos
Yuri Anjos
21 dias atrás

Infelizmente depois de Roger federer nadal tbm está parando mais admiro demais o nadal no saibro joga muito hoje enfrentou adversário muito difícil leheckhka jogou muito bem

Jorge Luiz
21 dias atrás

Sou fã do Djokovic, mais reconheço que o Nadal é um monstro, merece todas as homenagens

Rafael
Rafael
21 dias atrás

O espanhol é um lutador mesmo. Ficou até o fim, porém, como eu havia falado ontem, o Lecheka venceria em 2 sets. Que venham os próximos torneios para o Nadal.

Refaelov
Refaelov
21 dias atrás

Já tinha dito aqui ontem q apostava no Lehecka mas, me surpreendeu positivamente o Nadal, exigiu mtoooo do Tcheco no 1° set, onde jogou soberbamente nos momentos de maior pressão. Atuação beeem superior aquela contra o Cachin ..

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
21 dias atrás
Responder para  Refaelov

corrigindo: “… superior àquela contra o Cachin”. Vc nunca ouviu falar sobre crase ?

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
21 dias atrás

Era big 3 está passando. Vai levar anos p aparecer 3 fenômenos na mesma época. Os três somam quase 300 títulos. Djkovic deve jogar até o fim do próximo ano. Sorte nossa ter a oportunidade de ver essas feras.

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
21 dias atrás

Pena que está indo embora a era big 3. Três fenômeno com quase 300 títulos. Sorte a nossa ser dessa geração e ver essas lendas.

Paulo Costa
Paulo Costa
20 dias atrás

Realmente Monteiro foi bem demais em Madri e perdeu jogando uma grande partida contra esta revelação que ontem bateu Nadal.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE