PLACAR

Kvitova se sente prejudicada por horários em Pequim

Foto: China Open

Pequim (China) – Superada ainda na segunda rodada do WTA 1000 de Pequim, Petra Kvitova se sentiu prejudicada após a definição dos horários dos jogos. Atual 14ª do ranking, a tcheca acredita que teve pouco tempo de recuperação entre os jogos de domingo e segunda-feira e sugeriu que a programação do torneio poderia ter sido feita de outra forma.

“Longe do ideal terminar uma partida no China Open à 1h da manhã e voltar para a quadra às 17h30 do dia seguinte, quando ainda faltavam disputar algumas partidas da primeira rodada”, escreveu Kvitova, que havia vencido uma longa partida de 3h07 contra chinesa Xiyu Wang no encerramento da rodada de domingo. Já nesta segunda, ela perdeu para a russa Liudmila Samsonova por 6/4 e 7/5.

“Sempre pratiquei o esporte com muito respeito e raramente reclamo, mas desta vez me sinto fortemente que deveria ter havido uma opção mais justa. Por favor, WTA, faça melhor por suas jogadoras”, acrescentou a tcheca, que sempre reconhecida pelas próprias tenistas por sua integridade dentro e fora de quadra, recebendo o prêmio de esportividade da WTA oito vezes, inclusive por sete anos seguidos.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE