PLACAR

Kenin volta a disputar uma final depois de três anos

Foto: Jimmie48/WTA

San Diego (EUA) – A semana de Sofia Kenin no WTA 500 de San Diego segue com resultados positivos. Ela conseguiu nesta sexta-feira sua quarta vitória consecutiva e disputará sua primeira final desde 2020 em Roland Garros. Kenin venceu um duelo norte-americano contra a jovem de 22 anos Emma Navarro, 61ª do ranking e vinda do quali, por 6/2, 5/7 e 6/4 em 2h12 de partida.

Ex-número 4 do mundo e campeã do Australian Open em 2020, Kenin iniciou a semana no 93º lugar do ranking e está se reaproximando do top 50. A norte-americana de 24 anos tem cinco títulos e dois vices em torneios da WTA. Ela sofreu com lesões e problemas de saúde nas últimas temporadas, e um problema no pé direito a deixou quatro meses sem jogar e sete sem vencer. No início da temporada, ocupava só o 227º lugar.

A adversária de Kenin na final marcada para às 20h (de Brasília) deste sábado será a tcheca Barbora Krejcikova, número 13 do mundo. Elas se enfrentaram apenas uma vez, com vitória da tcheca no saibro de Roma em 2021. Krejcikova, que voltará ao top 10 após o torneio, tem seis títulos e quatro vices no circuito. A conquista mais recente da tcheca de 27 anos foi no WTA 1000 de Dubai, em fevereiro.

O primeiro set da semifinal foi amplamente dominado por Kenin, que conseguiu duas quebras e só enfrentou um break-point ainda no início da partida. E depois disso, ela chegou a vencer cinco games seguidos. A diferença na contagem de winners era nítida, 14 a 4. Kenin também começou melhor no segundo set e abriu 3/2, mas depois passou por momentos de instabilidade no saque. Navarro virou para 5/3, cedeu o empate, mas voltaria a quebrar, fechando o set em sua quinta oportunidade.

A ex-número 4 do mundo teve um excelente início de terceiro set, com pressão constante sobre os games de saque de Navarro. Ela conseguiu três quebras seguidas e abriu 4/1 no placar. Ainda que Navarro tenha diminuído a diferença, Kenin conseguiu manter a liderança até o fim do jogo, definindo a disputa em três sets. Ela liderou com folga a estatística de winners por 38 a 16 e cometeu 42 erros contra 27 da rival.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE