PLACAR

Kasatkina vira e decide o título com Fernandez em Eastbourne

Daria Kasatkina (Foto: LTA)

Eastbourne (Inglaterra) – Pelo segundo ano consecutivo, a russa Daria Kasatkina vai decidir o título do WTA 500 de Eastbourne. Vice-campeã na edição passada, ela confirmou seu retorno à decisão do torneio com um triunfo de virada sobre a italiana Jasmine Paolini, parciais de 3/6, 7/5 e 6/3 em 2h16 de partida.

Kasatkina vai em busca do sétimo título de sua carreira e o primeiro na grama. Suas últimas conquistas aconteceram em agosto de 2022, ganhando em sequência os torneios de San José e Granby, no piso sintético da América do Norte. Neste ano, a russa já havia disputado outra três finais, mas acabou com o vice em todas, em Adelaide, Abu Dhabi e Charleston.

Apesar de por enquanto estar apenas igualando a campanha de 2023, Kasatkina já garantiu um avanço de duas posições no ranking, deixando para trás a letã Jelena Ostapenko e a norte-americana Madison Keys para assumir o 12º posto. Nesta sexta-feira, ela também conheceu sua primeira adversária em Wimbledon, que será a chinesa Shuan Zhang, 47ª colocada na WTA.

Fernandez faz final inédita na grama

Na decisão, marcada para às 8h30 (de Brasília) deste sábado, Daria Kasatkina medirá forças com Leylah Fernandez, que precisou de 2h03 para derrotar Madison Keys pelo placar de 6/3, 3/6 e 6/3 na primeira semi do dia. A canhota canadense tenta levantar o seu quarto troféu no circuito e disputará uma final inédita na grama. Aos 21 anos, ela tem um bicampeonato em Monterrey nos anos de 2021 e 2022 e também triunfou em Hong Kong na temporada passada. Hoje ocupando a 30ª posição no ranking, Fernandez está alcançando o 25º lugar, mas pode ser a 22ª em caso de título.

Esta será a terceira vez que Kasatkina e Fernandez vão se enfrentar na carreira, com duas vitórias anteriores para a russa em 2022. Ela venceu de virada na segunda rodada no saibro de Roma e levou a melhor em sets diretos na estreia em San Diego, sobre piso sintético.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE