PLACAR

Iga tem trabalho na estreia, mas avança em 2 sets

Foto: Jimmie48/WTA

Tóquio (Japão) – Estreando direto na segunda rodada do WTA 500 de Tóquio, a polonesa Iga Swiatek disputou sua primeira partida no torneio nesta quarta-feira e teve trabalho para fazer valer a condição de principal cabeça de chave diante da tenista da casa Mai Hontama, mas conseguiu avançar em sets diretos, gastando 2h02 para triunfar com parciais de 6/4 e 7/5.

Swiatek levou um susto no começo da rival, que chegou a sacar em 4/1, com duas quebras de vantagem, mas depois a ex-número 1 do mundo se recuperou, confirmou os saques de forma mais tranquila e foi pegou o tempo de bola ideal nas devoluções para vencer cinco games seguidos e faturar o primeiro set. Na segunda parcial, a polonesa abriu 5/1, viu Hontama empatar por 5/5 e então venceu os dois últimos games para assim ficar com a vitória.

Diferente do que acontecia nas partidas diurnas, com condições mais rápidas, o jogo noturno no encerramento da rodada e com muita umidade deixou a disputa mais lenta e com muitos ralis longos, mas a polonesa conseguiu se adaptar. “Vencer cinco games consecutivos no primeiro set realmente me mostrou que eu poderia jogar meu jogo. Não foi fácil, mas estou feliz por ter resolvido os problema e ter superado a estreia”.

Depois de bater a tenista da casa, número 148 do ranking e que só havia enfrentado um oponente do top 10 uma vez antes, Iga terá pela frente a russa Veronika Kudermetova, oitava favorita, que despachou a norte-americana Kayla Day com duplo 6/3. Será a quinta vez que elas medirão forças e a polonesa venceu as quatro anteriores, todas em sets diretos e cedendo só 10 games.

A número 2 do mundo avançou pela 13ª vez para as quartas de final em 2023 até então. Ela só não conseguiu chegar a esse estágio duas vezes nesta temporada, a primeira delas no Australian Open e a outra no US Open, em ambos os casos caindo nas oitavas de final.

Atual campeã, Samsonova cai nas oitavas de final
Outra russa que se garantiu nas quartas de final em Tóquio foi Ekaterina Alexandrova que enfrentou a compatriota Liudmila Samsonova e triunfou em sets diretos para cima da atual campeã do torneio, anotando parciais de 6/4 e 6/2. Ela espera agora pela vencedora do duelo entre a também compatriota Anastasia Pavlyuchenkova e a jovem tcheca Linda Noskova.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE