PLACAR

Iga avança e revê a melhor amiga Juvan na 3ª fase

Foto: Brad Penner/USTA

Nova York (EUA) – Líder do ranking mundial e atual campeã do US Open, Iga Swiatek está bastante confortável com as condições mais rápidas das quadras e bolas utilizadas este ano e marcou mais uma vitória em sets diretos. Ela precisou de apenas 1h35 para vencer a australiana Daria Saville por 6/3 e 6/4.

Swiatek disputa o primeiro lugar do ranking com Aryna Sabalenka em Nova York e precisa fazer uma campanha melhor que a da bielorrussa, semifinalista no ano passado, para se manter na liderança. A polonesa assumiu o número 1 em abril do ano passado e já vai acumular 75 semanas seguidas no topo do ranking.

Superada pela número 1 do mundo nesta quarta-feira, Daria Saville é ex-top 20, mas sofreu duas graves lesões, primeiro no tendão de Aquiles e depois no ligamento cruzado do joelho. Por isso, ocupa apenas o 322º lugar do ranking atualmente. A australiana de 29 anos tem como melhores resultados em Slam as terceiras rodadas de Roland Garros e Wimbledon.

A próxima adversária de Swiatek é sua grande amiga no circuito desde os tempos de juvenil, a eslovena Kaja Juvan, 145ª do ranking. Vinda do quali, Juvan superou a norte-americana Lauren Davis por 6/7 (3-7), 6/4 e 6/4. Ao atingir a terceira rodada, Juvan já iguala as melhores campanhas da carreira em Slam. As duas jogadoras têm a mesma idade, 22 anos.

Nos dois duelos anteriores, ambos em 2021, Swiatek levou a melhor sobre Juvan. Há dois anos, em Roland Garros, a polonesa ganhou com direito a ‘pneu’ e falou a TenisBrasil sobre como é enfrentar uma grande amiga: “Nunca é fácil jogar contra a sua melhor amiga. “Então, eu estava apenas tentando tratar a Kaja como qualquer outra adversária, porque no esporte, quando estamos na quadra você não pode pensar em aliviar o jogo. Estou muito feliz por ter conseguido lidar com isso”.

Apesar de ter sofrido uma quebra de serviço logo no game de abertura, Swiatek não demorou a assumir o controle da partida e soube usar as condições mais rápidas a seu favor. Jogando sempre à frente da linha de base e comandando os pontos com o forehand, a polonesa era a jogadora mais agressiva em quadra e conseguiu três quebras no primeiro set. A número 1 do mundo aproveitou o bom momento e saiu vencendo por 2/0 na segunda parcial. E embora tenha perdido um game de saque, logo recuperou a vantagem para não ter mais o serviço ameaçado e fechar o jogo com um ace.

Muchova também vence e enfrentará Townsend
Finalista de Roland Garros, superada pela própria Swiatek em junho, a tcheca Karolina Muchova avançou à terceira rodada do US Open depois de vencer a polonesa Magdalena Frech por duplo 6/3. Número 10 do mundo, Muchova é a próxima adversária da norte-americana Taylor Townsend, algoz de Beatriz Haddad Maia na segunda rodada. A tcheca de 27 anos tem como melhor campanha no US Open as oitavas em 2020.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE