PLACAR

Hurkacz e Ruud vencem pelo Grupo I da Davis, Tsitsipas joga no sábado

Foto: Peter Staples/ATP Tour

Tashkent (Uzbequistão) – Dois integrantes do top 20 da ATP venceram seus jogos nesta sexta-feira pelos playoffs do Grupo Mundial I da Copa Davis. O norueguês Casper Ruud e o polonês Hubert Hurkacz tentam ajudar seus países a subir de divisão, em busca do Qualificatório Mundial de 2025. Quem também estará na disputa pela divisão de acesso é Stefanos Tsitsipas, que entra em quadra no sábado.

Número 8 do mundo, Hurkacz ajudou a Polônia a abrir 2 a 0 contra o Uzbequistão fora de casa. Ele confirmou o amplo favoritismo contra o 665º do ranking Sergey Fomin e venceu por 6/2 e 6/1. Na sequência, Maks Kasnikowski, 271º, venceu Khumoyun Sultanov, 330º, por 6/3 e 6/1, ampliando a vantagem polonesa. No sábado, Hurkacz se junta ao duplista Jan Zielinski para tentar fechar o confronto. Eles enfrentam Sergey Fomin e Maxim Shin. Se necessário, a rodada terá até mais dois jogos.

Situação parecida vive a Noruega de Casper Ruud, que joga em casa contra a Letônia, em quadra dura e coberta na cidade de Gjovik. A primeira vitória do time da casa veio com Viktor Durasovic, 413º, que derrotou Robert Strombachs, 346º, por 7/5 e 6/2. Logo depois, o número 12 do mundo precisou de apenas 49 minutos para marcar um duplo 6/1 contra Martins Rocens, apenas 1.723º do ranking. Ruud e Durasovic jogarão juntos nas duplas, abrindo a programação de sábado, contra Rocens e Strombachs.

Já o confronto entre Grécia e Romênia começa no sábado em Atenas. O número 10 do mundo Stefanos Tsitsipas abre a disputa contra o experiente Marius Copil, de 33 anos e 283º do ranking. Na sequência, Aristotelis Thanos enfrenta Nicholas Ionel. É esperado que Tsitsipas faça até três jogos no fim de semana, incluindo as duplas no domingo, ao lado do irmão Petros, contra Marius Copil e Victor Vlad Cornea.

Ao todo, 24 países disputam os playoffs do Grupo Mundial I. Os vencedores jogam em setembro contra os países que perderem no Qualificatório Mundial. Esses confrontos, então, valerão vaga na fase classificatória do ano que vem.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE