PLACAR

Humbert salva 3 match-points e desafia Medvedev na semi

Ugo Humbert (Foto: ATP Tour)

Dubai (Emirados Árabes) – No jogo que encerrou a rodada das quartas de final do ATP 500 de Dubai, Ugo Humbert conseguiu uma importante virada sobre o número 8 do mundo Hubert Hurkacz e garantiu vaga na semi. O francês de 25 anos e 18º do ranking salvou três match-points no segundo set e venceu por 3/6, 7/6 (10-8) e 6/3 em 2h24 de partida.

“Foi uma batalha. Tentei lutar por todos os pontos. E no final do tiebreak, depois de salvar os match-points, eu tentei dar o meu melhor. A torcida me deu muita energia no final”, disse Humbert, que marcou sua segunda vitória sobre Hurkacz, repetindo o resultado da semifinal de Marselha. Ainda assim, o polonês lidera o histórico por 3 a 2.

Hurkacz liderou a contagem de aces por 11 a 8 e a de winners por 27 a 24, mas também cometeu mais erros, 48 contra 42 de Humbert. Depois de ter vencido o primeiro set sem enfrentar break-points, o polonês saiu perdendo por 3/1 na segunda parcial, mas buscou o empate. Ele teve os match-points durante o tiebreak e não conseguiu aproveitar, especialmente por conta dos erros com o forehand. E no terceiro set, Humbert conseguiu duas novas quebras para chegar à vitória.

O jogo também ficou marcado por um pequeno acidente de Hurkacz em quadra. Durante a desaleceração em uma corrida lateral para alcançar a bola, o polonês subiu em uma das cadeiras de descanso ao lado da quadra e se desequilibrou. Apesar do susto, e de ser prontamente atendido até mesmo pelo adversário, ele continuou jogando normalmente.

Atualmente com o melhor ranking da carreira, Humbert marcou sua 11ª vitória contra top 10, sendo a segunda na temporada. Ele agora desafia o russo Daniil Medvedev, principal cabeça de chave e número 3 do mundo. O canhoto francês lidera o retrospecto por 2 a 1. “Será um grande desafio contra o Daniil, já nos enfrentamos algumas vezes e tenho certeza de que será outra partida bem difícil. Foi descansar e tentar ficar pronto para o jogo de amanhã”, disse o vencedor de cinco títulos de ATP e que nunca perdeu uma final.

A vaga de Medvedev na semifinal veio com uma vitória mais tranquila. O atual campeão derrotou o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, 24º do ranking, por 6/2 e 6/3 em 1h17 de partida. “Alejandro pode jogar muito bem”, disse Medvedev. “Às vezes durante as partidas ele pode ter um momento de queda, mas depois sobe. Eu sabia que não importava o placar, precisava manter a intensidade até o último ponto”.

Vencedor de 20 títulos no circuito, o russo de 28 anos tenta alcançar sua 38ª final na carreira e revelou ter passado mal no início da semana, mas diz que está se recuperando. “Estou me sentindo melhor. Não sei o que aconteceu ontem. Algumas pessoas ao meu redor pegaram um pequeno vírus, então talvez seja isso. Ainda não estou na minha melhor forma, mas temos mais algumas partidas”.

As semifinais em Dubai começam às 10h (de Brasília) desta sexta-feira com a partida entre o russo Andrey Rublev e o cazaque Alexander Bublik. O histórico é amplamente favorável a Rublev, que tem 4 a 1. Já o jogo entre Medvedev e Humbert será ao meio-dia.

Leia mais:

Rublev e Bublik contam com desistências e duelam na semi

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
1 mês atrás

Humbert está em uma excelente fase. Melhor francês atualmente

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE