PLACAR

Heide também avança e joga a segunda semifinal seguida

Gustavo Heide (Foto: Legión Sudamericana)

Assunção (Paraguai) – O Brasil terá dois representantes nas semifinais do challenger de Assunção, em quadras de saibro no Paraguai. Depois da vitória de João Fonseca no duelo nacional contra Orlando Luz no início da rodada desta sexta-feira, foi a vez de Gustavo Heide também avançar. O paulista de 22 anos superou o italiano Alexander Weis, 304º do ranking, por 6/3 e 7/6 (7-3). Esta será a segunda semifinal seguida para Heide, repetindo o resultado da semana passada em Santiago.

A vaga na semi rende 22 pontos na ATP para Heide, que já está com o melhor ranking da carreira no 225º lugar e certamente vai melhorar essa marca. Provisoriamente, ele está muito perto de entrar no top 200. Lembrando que o ranking só será atualizado após o Masters 1000 de Miami e os challengers da semana que vem.

O adversário de Heide na semifinal de Assunção será o peruano Juan Pablo Varillas, principal cabeça de chave e 95º do mundo, que derrotou o argentino Federico Agustin Gomez por 6/3 e 7/5. O confronto é inédito no circuito. Na outra semi, Fonseca vai em busca de sua primeira final de challenger aos 17 anos. O carioca enfrenta o argentino Roman Burruchaga, cabeça 2 do torneio.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Apesar de ter disputado games longos em seu saque no início da partida, enfrentando quatro break-points e sofrendo uma quebra, Heide não demorou a recuperar o domínio das ações no primeiro set. Ele devolveu a quebra de imediato, não correu mais riscos no saque e voltou a quebrar para fechar a parcial. O segundo set foi inteiramente sem quebras, sendo que Heide sequer enfrentou break-points na parcial. A vantagem de ter confirmado seus serviços de forma mais tranquila favoreceu o brasileiro também no tiebreak. Ele já saiu vencendo por 3-0 e soube administrar a vantagem até o final da partida.

Romboli e Zormann param na semifinal de duplas
A parceria brasileira formada por Fernando Romboli e Marcelo Zormann caiu na semifinal de duplas. Campeões em Santiago na última semana, eles foram superados pelos bolivianos Boris Arias e Federico Zeballos, principais cabeças de chave, por 6/4, 1/6 e 11-9.

Romboli e Zormann já conquistaram três títulos de challenger juntos e disputaram outras três finais. Aos 35 anos, Fernando Romboli é o atual 106º colocado no ranking entre os especialistas em duplas e tem com melhor marca da carreira o 88º lugar. Por sua vez, Zormann está com 27 anos e ocupa a melhor marca da carreira na 114ª posição.

13 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Scott
Scott
22 dias atrás

Agora complicou. Varillas gosta de massacrar os brazucas. É um retrospecto impressionante!

Paulo Rogério Peixoto
Paulo Rogério Peixoto
21 dias atrás
Responder para  Scott

Final brazucao

Gusmão
Gusmão
22 dias atrás

Força Heide.

Evandro
Evandro
22 dias atrás

Brasileiros contra os hermanos cabeças 1 e 2 do torneio em Assunção. Mas, é bem possível essa surpresa de termos final brasileira, em vez de Argentina!

Sandra Maria
Sandra Maria
22 dias atrás
Responder para  Evandro

Varillas não é argentino

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
21 dias atrás

Pode ser uma realidade , nem pensada nos últimos 10 anos, ou até mais. São os sucessores de Monteiro e Meligeni, some o Wild aos 2 novos. Imaginem 3 no top 100. Na torcida pela final brasileira. Heide carimbando passaporte pra quali de RG e WB.

Paulo Rogério Peixoto
Paulo Rogério Peixoto
21 dias atrás
Responder para  Haroldo Guimarães

Na minha visão e a minha opinião é que essa geração só para rimar, é diferente de todas depois do Guga, Bia,Luisa, Fonseca,wild, vieram pra ficar

Rogério
Rogério
21 dias atrás

Heide segue mostrando consistência. Mas agora terá que subir o nível, o Varillas é bem superior aos adversários que enfrentou até aqui no torneio.

Aristóteles
Aristóteles
21 dias atrás

Heide continuando nessa pegada vai passar o Meligeni logo logo…

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
21 dias atrás

Heide jogando bem e vencendo, parabéns!!!

Refaelov
Refaelov
21 dias atrás

Mais um jogo muito seguro do Heide, muito bom ver ele conseguindo performar bem com o favoritismo nas costas, sinal claro de evolução..

SF já deixam ele muito próximo do top 200 e da vaga pros Qualys de RG e Wimblendon, dá pra jogar essas SF sem maiores pressões.

Paulo Lude
Paulo Lude
21 dias atrás

Duro foi ver o final do jogo de duplas… Romboli / Zormann vencendo o match tie break 9/6, três match points… aí perdem cinco pontos seguidos, dois deles sacando.

Paulo Rogério Peixoto
Paulo Rogério Peixoto
21 dias atrás

Luiza, bia, Fonseca,wild esses são os melhores De anos atrás

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE