PLACAR

Fonseca salva dois match-points e chega à sua segunda semi no ano

Foto: Omar Rasjido/Paraguay Open

Assunção (Paraguai) – Pela segunda vez na temporada, João Fonseca disputará uma semifinal de challenger. Depois de ter alcançado a penúltima rodada na Argentina em janeiro, o carioca de 17 anos repetiu a campanha em Assunção. Em jogo entre dois brasileiros, Fonseca salvou dois match-points e venceu o gaúcho Orlando Luz por 3/6, 7/6 (7-4) e 6/2 em 2h26 de partida.

Atualmente com o melhor ranking da carreira, no 341º lugar, Fonseca certamente vai superar essa marca. Ele está recebendo 22 pontos na ATP com a vaga na semi e saltando para o 312º lugar. Lembrando que o ranking só será atualizado após o Masters 1000 de Miami e vai considerar também os challengers da semana que vem.

O adversário de Fonseca na semifinal será o argentino Roman Burruchaga, cabeça 2 do torneio e 161º do ranking, que venceu o italiano Gianluca Mager, 266º colocado, por 4/6, 6/3 e 6/4. O torneio dá 75 pontos na ATP ao campeão e 44 para o vice. Uma vaga na final pode colocar o brasileiro no top 300 pela primeira vez na carreira.

“O Orlando estava jogando muito bem no primeiro set e eu não estava conseguindo me encontrar. Estava nervoso e errando muitas bolas. E ele estava aproveitando isso. Quando ele sacou com 5/4 e teve dois match-points, se afobou nos dois e eu aproveitei a oportunidade”, disse Fonseca após a partida. “Com uma brecha, depois que eu quebrei, cresci no jogo. Apesar de ele ter começado o terceiro set com 2/0, segui firme, acreditando e as coisas foram acontecendo”.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Durante o primeiro set, Orlando Luz tentou fazer um jogo mais sólido do fundo de quadra, usando bem as curtinhas e mudanças de direção. Tudo para tentar evitar o jogo agressivo e de muita potência nos golpes de Fonseca. O gaúcho não enfrentou break-points na parcial e conseguiu uma quebra já no fim.

O segundo set teve uma quebra para cada lado, sendo que Luz chegou a sacar para o jogo quando vencia por 5/4 e teve 40-15. Fonseca salvou os dois match-points e forçou o tiebreak, antes de igualar a partida. Apesar da reação do carioca, Luz começou melhor no terceiro set e saiu vencendo por 2/0. Mas Fonseca devolveu a quebra de imediato e foi ganhando confiança na partida. Ele não correu mais riscos nos games de saque e conseguiu duas novas quebras para chegar à vitória.

Superado nas quartas, Orlando Luz está com 26 anos e tem como melhor marca da carreira a 272ª posição, de agosto de 2021. Com os resultados de momento, o tenista recupera 29 posições e chegando ao 342º lugar. O gaúcho também chegou às quartas nas duplas, ao lado do conterrâneo Marcelo Demoliner.

Heide joga ainda nesta sexta-feira
Há chance de mais um brasileiro disputar a semifinal em Assunção. Isso porque o paulista Gustavo Heide, 225º do ranking, joga ainda nesta sexta-feira contra o italiano Alexander Weis, 304º colocado. Heide busca a segunda semifinal seguida, repetindo o resultado da semana passada em Assunção. Se vencer, encara o cabeça 1 peruano Juan Pablo Varillas ou o argentino Federico Agustin Gomez.

33 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fabricio
Fabricio
23 dias atrás

Parabéns ao Fonseca e ao Luz pelas boas campanhas que fizeram essa semana. O Fonseca amanhã vai ter de aumentar seu nivel de concentração, diminuir os erros não forçados, caso contrário o argentino pode complicar, é jogo difícil.

Paulo A.
Paulo A.
23 dias atrás
Responder para  Fabricio

Impressionante o poder ofensivo do arsenal do Fonseca! O jogo inteiro o Orlando passou se defendendo dos petardos que o João desferia lá do fundo de quadra. E, ao fim da partida, impressionou-me a histeria da torcida pelo João, uma gritaria infernal…nem completou 18 anos e já é ídolo…vai precisar ter muito boa cabeça para segurar a onda…

Jorge Luiz
Jorge Luiz
23 dias atrás

Muito bom Fonseca,o Luz perdeu match point e mais uma vez jogou um TB muito ruim,precisa evoluir o mental pois joga um bom tênis

Leandro Schulai
Leandro Schulai
23 dias atrás

Estou aqui no Lollapalooza passando chuva e frio e tava acompanhando o jogo do Fonseca pelo celular.

Vejo que ele perdeu o primeiro set e o Orlandao sacava em 5 X 4 com 40-15. Comecei a xingar o Fonseca de tudo que é nome.

O segurança achou que era com ele, sobrenome Fonseca tbm mas consegui me explicar.

Quando olho pro celular o Fonseca tinha quebrado o saque do Orlandao salvando 2 match points. O resto é história. Que vitória!

Gustavo
23 dias atrás
Responder para  Leandro Schulai

Ta animado ai no Lolla hein?

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
23 dias atrás

Parabéns ao Fonseca,mas precisa diminuir a quantidade de erros não forçados,hoje quase o jogo vai pro espaço,que consiga jogar melhor amanhã e buscar essa final e o top 300!!!

Última edição 23 dias atrás by Matheus Ferreira
Pedro
Pedro
22 dias atrás
Responder para  Matheus Ferreira

Não adianta um monte de winer com um monte de erros não forçados. Tem hora que tem que ter mais paciência.

Claudio Marçal
Claudio Marçal
23 dias atrás

Mais um exemplo de que o tênis é um esporte de oportunidades! Orlando Luz teve 5/4 e 40/15 com dois MP pra fechar o jogo! Não aproveitou as oportunidades e levou uma bela virada do Fonseca!

Adalberto
Adalberto
23 dias atrás

Esse João vai dar o falar! kk…
17 anos de puro tênis!

Paulo A.
Paulo A.
23 dias atrás
Responder para  Adalberto

Se liga, ele já é conhecido no mundo inteiro do tênis. O site da ATP já lhe deu destaque mais de uma vez…

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
23 dias atrás

Oscilar tudo bem, normal. Mas perder do Orlandao não ia dar. Meu Deus.
Ainda bem que no segundo MP do Orlandao no segundo set, ele deu uma curta bizarra e absurdamente horrível.
Pra mim, Fonseca tinha jogo pra passar o carro, mas o importante foi não ter perdido esse jogo.

Casagrande
Casagrande
23 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Deu pneu moral no terceiro set, nao foi?

Gusmão
Gusmão
23 dias atrás

Parabéns Fonseca.

Luz também jogou bem.
Mas a torcida estava com Fonseca.

Ff e a turma do Amendoim, tem que engolir mais uma. Falaram do Fonseca. Toma mais uma.

Fernando S P
Fernando S P
23 dias atrás
Responder para  Gusmão

Se fosse por ti o Fonseca estaria disputando ITF 15.

Gusmão
Gusmão
23 dias atrás
Responder para  Gusmão

F engole Mais uma.

Fonseca está aproveitando o carisma conquistado. A Torcida está ajudando-o.

E mesmo o Luz bebendo a Coca cola que vocês dizem, está jogando bem e está forte.

Força Brasileiros.

Ivan
Ivan
22 dias atrás
Responder para  Gusmão

Exato, o Luz tá forte mesmo, dava pra ver o excesso de tecido adiposo na barriga e nos braços.

Scott
Scott
22 dias atrás
Responder para  Gusmão

Olha ai o adorador de ITFs inventando história. Fonseca só precisa tratorar esse time de tenista. Isso não é falar mal. Pior é ficar tratando pangaré como astro do tenis.

Henrique Pontara
Henrique Pontara
23 dias atrás

Que vitória!! Orlandinho vacilou? Um pouco sim, mas o Fonseca não desistiu! Inclusive virou de 0x2 pra 6×2 no último set!

Antonio
Antonio
23 dias atrás

Fonseca deu uma titubeada no primeiro set, depois embalou. Agora, o Luz, que foi número 1 Juvenil, infelizmente não vingou no profissional.

Felipe Dalmarco
Felipe Dalmarco
23 dias atrás
Responder para  Antonio

Botei tantas esperanças no Luz e no Zormann e depois cai do cavalo que não tinha muitas expectativas com o Fonseca na verdade mas ao que tudo indica ele é bem melhor que os 2 compatriotas…

DavidsonDaniel
DavidsonDaniel
23 dias atrás

Luz parece que não joga com ânimo. Eu o achei meio fora de forma para o tênis profissional. Ótimos golpes, mas falta tática e cabeça em momentos cruciais da partida, a exemplo de saque com 40-15 para fechar o jogo. Fonseca é um fenômeno… Difícil não se empolgar…

Última edição 23 dias atrás by DavidsonDaniel
Luiz Fernandes
Luiz Fernandes
23 dias atrás

Orlando não parece ter 26 e sim 36, típico jogador em fim de carreira, desabou no terceiro set, parece desanimado, sem esperanças, além de meio fora de forma, que pena é um jogador técnico. Fonseca é o contrário, tem tudo pela frente, mas não é um fenômeno e tem que melhorar muito, afinal apenas 17. Boa sorte garoto!

Rogério
Rogério
23 dias atrás

Parabéns aos dois tenistas. Jogo franco, com os dois arriscando bastante. Fonseca sempre coloca a bola pra correr bastante, vai subir rapidamente no ranking quando pegar maior precisão. O Luz aumentou o nível do tênis dele, no individual, desde o segundo semestre do ano passado, sua a direita machuca bem o adversário, deve acreditar que tem tênis para subir no ranking.

Arangomie
Arangomie
23 dias atrás

Já é por muito o melhor sub-18 do ranking da ATP.

Tênis é um esporte complicado, mas o garoto está evoluindouiot rápido.

Vi ele perder do Orlando Luz aqui em Mogi das Cruzes em um ITF, mas ele claramente já batia muito mais pesado que o Orlando.

Se continuar nessa pegada nos Challengers, o top 100 é visível já nesse ano, especialmente com os convites pros ATP que ele pode receber.

Felipe
Felipe
22 dias atrás
Responder para  Arangomie

A depender do desempenho de Landaluce em Miami, João será o segundo. Ambos nasceram no mesmo ano. O espanhol em janeiro e João no fim do ano. Os dois ganharam US open juvenil e foram n. 1 do mundo.

Fernando S P
Fernando S P
22 dias atrás
Responder para  Felipe

Ele se referiu ao https://live-tennis.eu/en/ atp-ranking-under-18.

O espanhol já fez 18.

CARLOS LIMA
CARLOS LIMA
23 dias atrás

Pena o Orlando não investir na parte fisica, tem um jogo com muita tecnica, não fechou o segundo set ai depois morreu. Talento desperdiçado

Andre Borges
Andre Borges
23 dias atrás

Hoje o nível de jogo do Fonseca não dá mais pro Orlando, jogando muito bem e com o João bem nervoso quase deu, se afobou e daí pra frente tchau tchau

Pedro
Pedro
22 dias atrás

O problema do Luz não técnico, a questão é mental. Teve o jogo na mão.
Nem dá pra dizer que o Fonseca tem um super mental, o problema é que na hora H o Luz amerela.

André Borges
André Borges
22 dias atrás
Responder para  Pedro

Pois é. E estamos falando de um garoto de 17 anos contra um adulto de 20 e tantos….. O de 20 e tantos foi quem encurtou o braço e depois morreu.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
22 dias atrás

Fonseca ainda uma criança sendo lapidada, teve sorte com o Luz, mas as vezes não tem e perde. Mas parabéns aos dois. Luz
Jogando bem novamente, cansou no final.

Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
22 dias atrás

Fico muito feliz pela campanha dos dois tenistas brasileiros. Confesso que estava torcendo para o Fonseca, não é nenhum segredo que já conquistou a todos nós brasileiros. Viveu situações adversas durante o jogo, teve 5/4 contra com 40/15 para o Orlando fechar o jogo (só tinha feito 03 pontos como recebedor até então). Conseguiu salvar os dois match points, fez 04 pontos seguidos, empatou o jogo, levou para o tie break e venceu o segundo set. Saiu perdendo o terceiro set depor 2 x 0, teve calma, quebrou de volta em seguida, quebrou mais uma vez, e fechou o terceiro set, utilizando todo o seu repertório de golpes. É apenas um garoto, tem apenas 17 anos, mas, tem um futuro brilhante. Terá um semifinal muito difícil, o argentino Roman Burruchaga, cabeça 2 do torneio e 161º do ranking, sem dúvida alguma, é o favorito. Mas, tem bola para competir e quem sabe chegar na final, vamos torcer muito.

Refaelov
Refaelov
22 dias atrás
Responder para  Antônio Luiz Júnior

Justamente, ganhou no mental ontem, Luz tava impecável no saque até então mas, sentiu o momento na hora de fechar e, dae sim, Fonseca teve todos os méritos de capitalizar o momento

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE