PLACAR

Heide supera Sakamoto e faz quartas em Assunção

Gustavo Heide (Foto: Milko Ulloa/Legión Sudamericana)

Assunção (Paraguai) – No encontro entre dois jogadores brasileiros nesta quinta-feira, Gustavo Heide fez valer o favoritismo e superou Pedro Sakamoto para chegar às quartas de final do challenger de Assunção, em quadras de saibro. Cabeça 8 do torneio e 225º do ranking, Heide marcou as parciais de 6/1 e 6/3 em 1h10 de partida.

Paulista de 22 anos, Heide está com o melhor ranking da carreira depois de ter alcançado a semifinal de Santiago na semana passada. A campanha até as quartas no Paraguai rende 12 pontos na ATP para o tenista, que sobe para o 221º lugar. Se ele vencer mais uma, pode saltar para a 203ª posição. Lembrando que o ranking só será atualizado após o Masters 1000 de Miami e vai considerar também os challengers da semana que vem.

O adversário de Heide nas quartas de final será o italiano Alexander Weis, 304º do ranking, em confronto inédito no circuito. Já Sakamoto, de 30 anos, é o atual 309º do mundo. Com bom início de temporada, entre torneios challenger e ITF, o experiente paulista está cada vez mais perto de seu recorde pessoal no ranking, a 284ª posição, alcançada em fevereiro de 2020.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Ainda nesta quinta-feira, o paulista vindo do quali Nicolas Zanellato se despediu nas oitavas de final. O jogador de 22 anos e 487º do ranking foi superado pelo peruano Juan Pablo Varillas, principal cabeça de chave do torneio, que marcou as parciais de 6/1 e 6/3 em 1h25 de partida. Varillas encara o argentino Federico Agustin Gomez.

Outros dois brasileiros vão se enfrentar nas quartas de final. O carioca de 17 anos João Fonseca, 341º do ranking, enfrenta o gaúcho Orlando Luz, 371º colocado. O único duelo anterior entre eles foi vencido por Luz, em Mogi das Cruzes no ano passado.

8 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gusmão
Gusmão
3 meses atrás

Parabéns Heide.
Mais uma boa campanha em Challenger.

Agora Sakamoto só conseguiu 6 pontos. Desejou muito, colheu pouco.
Ele deixou o ITF M25 de Feira com um ponto, poderia ter ido mais longe.
E deixou de jogar o ITF M25 em Maceió como Cabeça de chave 1. Cada coisa que não dá para entender, não gosta de subir degraus em degrau. Com 25 pontos dá para subir bem no ranking.

Fernando S P
Fernando S P
3 meses atrás
Responder para  Gusmão

“Cada coisa que não dá para entender, não gosta de subir degraus em degrau.”

Realmente, a tua opinião não serve de padrão para os demais. Creio que a maioria optaria por participar dos torneios mais significativos aos quais têm acesso.

Gusmão
Gusmão
3 meses atrás
Responder para  Gusmão

Vamos ver quantas posições o Campeão do ITF M25 em Maceió irá subir no Ranking.
Pontos isso é que interessa no momento.

Refaelov
Refaelov
3 meses atrás
Responder para  Gusmão

Eu n acho q seja necessariamente certo ou errado ter optado por jogar os M25 no Brasil ou os CHL75 latinos, isso vai do momento e da confiança q o jogador está..

Oq eu n consigo entender foi justamente oq ele fez: jogar um desses M25(em quadra rápida ainda) no meio de 2 CHL no saibro.. N foi por nada q ele foi eliminado precocemente em Feira..

Última edição 3 meses atrás by Refaelov
Psiquiatra
Psiquiatra
3 meses atrás
Responder para  Gusmão

Sabe nada de tênis esse Gusmão

Geraldo
Geraldo
3 meses atrás
Responder para  Gusmão

Engenheiro de obra pronta…. Se o Sakamoto tivesse ganho não estaria falando isso…

Scott
Scott
3 meses atrás
Responder para  Gusmão

Um pensamento minúsculo esse de ficar catando milho em ITFs. Quem não arrisca torneioa maiores, ficará eternamente nessa meiuca de 400 do mundo, pagandonpara trabalhar.

Refaelov
Refaelov
3 meses atrás

Ótima partida do Heide, sacando demaaaais, n deu chances ao Sakamoto, me parece bem favorito nas QF contra o italiano, vai caminhando p/o top 200 e garantindo vaga nos Qualys de RG e Wimblendon..

Assisti umas partes do jogo do Zanellato tbm, tinha uma diferença bem óbvio de nível, de peso de bola, o BR ainda se prejudicou com duplas faltas e erros não forçados nos momentos mais inoportunos mas.. pra ele foi uma boa semana, primeira vitória em CHL no ano.

Última edição 3 meses atrás by Refaelov

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE