PLACAR

Heide sofre virada e suecos igualam confronto contra o Brasil

Gustavo Heide (Foto: Andre Gemmer/Greenfilmes)

Helsingborg (Suécia) – O primeiro dia de confronto entre Brasil e Suécia pelo Qualificatório Mundial da Copa Davis termina com uma vitória para cada lado. Depois de Thiago Monteiro ter confirmado o favoritismo contra Karl Friberg na abertura da rodada desta sexta-feira em Helsingborg, Elias Ymer igualou a disputa ao vencer Gustavo Heide por 4/6, 6/1 e 6/3.

Ymer, de 27 anos e 160º do ranking, marcou sua 16ª vitória em 33 jogos de simples pela Copa Davis. Já Gustavo Heide, de 21 anos e 241º colocado, fez apenas sua segunda partida pela competição. Ele havia estreado no confronto contra a China no ano passado, em Florianópolis, quando a série já estava definida por 3 a 0 a favor do time brasileiro.

A rodada de sábado começa às 9h com a partida de duplas, Rafael Matos e Felipe Meligeni abrem a programação contra Filip Bergevi e Andre Goransson. Na sequência, Monteiro e Ymer se enfrentam. O cearense de 29 anos e 119º do ranking tem uma vitória e uma derrota contra o rival, em jogos disputados no saibro entre 2018 e 2019. Se necessário, haverá definição no quinto jogo e os capitães podem promover mudanças nas equipes.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Heide teve ótimo desempenho no saque durante o set inicial e não enfrentou break-points, além de ter cedido apenas quatro pontos em seus games de serviço. Ele aproveitou a única chance de quebra já no fim da parcial. Ymer reagiu no segundo set, disparou quatro aces e só perdeu um ponto no saque. Com duas quebras, o sueco chegou a liderar por 5/0 antes que Heide voltasse a confirmar o serviço.

O sueco continuou impecável em seus games no terceiro set e só perdeu três pontos no saque. Logo de cara, ele conseguiu uma quebra para abrir 3/1 no placar e voltou a pressionar o serviço de Heide para ampliar a vantagem e consolidar vitória de virada.

Leia mais

Monteiro marca o primeiro ponto do Brasil contra a Suécia na Davis

Oncins explica escolha de Heide: “Foi uma opção tática”

8 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
24 dias atrás

Boa Heide, cansou o sueco pro Monteiro. Acho que dá pra fazer 3×1 ou 4×1

Paulinha Lara
Paulinha Lara
24 dias atrás

grande Oncins! parabéns

Leonel
Leonel
24 dias atrás

Vai na lógica oncins. Colocou o Heide na fogueira e nós quase sendo surpreendido pela fraca/desfalcada Suécia. Se brasil perder nas duplas ou Monteiro levar uma invertida do Elias Ymer(só se jogar mal) aí vai ter que ter humildade e colocar o Meligeni no segundo jogo. O Heide não vai segurar o rojão. Bora lá.

Jose Carlos
Jose Carlos
24 dias atrás

as duplas tendem a decidir, embora a Suecia entre com favoritismo nos dois jogos de simples amanhã.

Marlon
Marlon
24 dias atrás

Baita “opção tática” do capitão! #sqn

Gilbert Becou
Gilbert Becou
24 dias atrás

Jaiminho errou feio ao não escalar o Felipe Rodrigues Alves.Faria 2×0 hoje e praticamente garantiria a vitória amanhã.Ganha nas duplas,Heide perde normal… aí q é o perigo : deixar o Monteiro decidir o confronto é PROBLEMA

Fernado
Fernado
24 dias atrás

Heide se queimou feio! Certeza que o Meligeni não tem físico pra jogar sábado e domingo! Já provou que está fraco no cardio. BOTA O FONSECA PELO AMOR DE DEUS GÊNIO!

Refaelov
Refaelov
24 dias atrás

Foi uma estreia digna em jogos “a vera” na competição.. O Ymer sacou mtoooo bem a partida inteira enquanto o Heide só conseguiu manter um grande aproveitamento com o saque no 1° set..

Empate até esperado ao fim do primeiro dia e, como já se prévia, o duelo de duplas será decisivo para o confronto amanhã..

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE