PLACAR

Goffin estreia bem no quali em Melbourne, Schwartzman está fora

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) – O ex-número 7 do mundo David Goffin estreou com vitória no quali do Australian Open e deu o primeiro passo em busca de sua décima participação na chave principal. O belga de 33 anos e atualmente 107ª posição venceu o italiano Stefano Travaglia por 6/4 e 7/5.

Goffin tem como melhor participação no Australian Open as quartas de final em 2017. Ele enfrentará na próxima rodada o britânico Billy Harris, que derrotou o búlgaro Dimitar Kuzmanov por 0/6, 6/2, 6/2 em sua estreia no Melbourne Park, na segunda rodada.

Também ex-top 10, o argentino Diego Schwartzman não passou da rodada de estreia. Ele perdeu para o norte-americano Denis Kudla por 7/6 (9-7) e 6/4. Kudla encara o eslovaco Lukas Klein, que bateu o argentino Marco Trungelliti por 6/3, 3/6 e 6/3.

Outros dois veteranos foram eliminados: O francês Benoit Paire perdeu para o compatriota Jules Marie por 7/6 (8-6) e 6/4. Já o uruguaio Pablo Cuevas sofreu 6/0 e 6/1 do italiano Giulio Zeppieri.

Dois jovens jogadores croatas venceram suas partidas e vão se enfrentar na segunda rodada. Dino Prizmic, de 18 anos e 178º do ranking, passou pelo francês Ugo Blanchet com parciais de 6/4 e 6/2. Seu próximo adversário é Duje Ajdukovic, de 22 anos e 143º colocado, que bateu o argentino Mariano Navone por 5/7, 6/3 e 6/2.

Adversário do Brasil na Copa Davis, o sueco Elias Ymer caiu na primeira rodada do quali em Melbourne. Ele perdeu para o britânico Ryan Peniston por 6/1, 4/6 e 7/6 (9-7). Peniston enfrenta o tunisiano Aziz Dougaz, que bateu o experiente argentino de 33 anos Facundo Bagnis por 7/6 (7-4) e 6/3.

Dos nove argentinos que jogaram no dia, apenas dois conseguiram vencer: Camilo Carabelli bateu o australiano Hayden Jones por 6/0, 3/6, 6/2 e vai enfrentar o italiano Riccardo Bonadio. Já Francisco Comesana passou pelo japonês Yuta Shimizu por 7/6 (7-2) e 6/2. Seu próximo adversário é o húngaro Mate Valkusz.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE