PLACAR

Gauff sobrevive a altos e baixos e enfrenta Badosa

Foto: Internazionali BNL d'Italia

Roma (Itália) – Em seu segundo jogo no WTA 1000 de Roma Coco Gauff passou por altos e baixos, mas sobreviveu no torneio em quadras de saibro da capital italiana e chegou às oitavas de final. A atual número 3 do mundo chegou a levar um ‘pneu’ no segundo set, mas superou a romena Jaqueline Cristian, 68ª do ranking, por 6/1, 0/6 e 6/3 em 2h04 de partida.

“Ela estava jogando bem, enquanto eu estava cometendo muitos erros, mas tentei continuar sólida. Sabia que um novo set que estava começando”, disse Gauff na entrevista em quadra. Ela liderou nos winners por 22 a 18 e cometeu 41 erros contra 29. A diferença no total de pontos foi pequena, 85 a 79 para a norte-americana.

Depois de vencer o primeiro set com duas quebras com duas quebras, Gauff não teve nenhum break-point na segunda parcial e acabou sofrendo um 6/0. Já no terceiro set, a jovem jogadora de 20 anos conseguiu duas novas quebras e escapou nas três vezes em que teve o serviço ameaçado para chegar à vitória.

A adversária de Gauff nas oitavas será a espanhola Paula Badosa, ex-número 2 do mundo e atual 62ª do ranking, que derrotou a russa Diana Shnaider em partida de 2h36, por 5/7, 6/4 e 6/4. Badosa lidera o histórico de confrontos por 3 a 1 e venceu o duelo mais recente, disputado no ano passado em Madri.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Outro objetivo para Gauff em Roma é ultrapassar Aryna Sabalenka e assumir a vice-liderança do ranking, o que faria dela a segunda cabeça de chave em Roland Garros. Suas chances começam se ela for semifinalista e contar com eliminação precoce da rival, mas há possibilidade até mesmo de confronto direto entre elas na final valendo o número 2 do ranking.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Voyager
Voyager
10 dias atrás

Entrevista ao fim do jogo demonstra algo: estadunidenses na Europa parecem deslocados e reagem a tudo com empáfia…

João Sawao ando
João Sawao ando
10 dias atrás

Torcendo pela badosa

Marcelo Barros Pereira
Marcelo Barros Pereira
9 dias atrás

No começo do texto tem um erro: WTA 1000 de Roma e não de Madri!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE