PLACAR

FRASES: saiba o que comentam em Nova York

Foto: Brad Penner/USTA

“Para mim, (a partida) não foi fácil. Estou sentindo minha perna!”
Bia Haddad após a bolada de Azarenka e a vitória na 3ª rodada de dupla por 6/2 e 6/0.

“Sempre ao lado dela, me sinto mais forte e isso me inspira muito. Desde a primeira partida, nos momentos difíceis, ela sempre me diz ‘Não hesite. Vá em frente. Vá grande’. Então, sempre a mentalidade é agressiva, e acho que é por isso que ela teve tanto sucesso na carreira.”
Bia elogia mentalidade de Azarenka em quadra.

“O time dela tem uma boa energia. Podemos aprender fora da quadra. Então, é bom compartilhar, e eu acho que estou aprendendo um pouco a cada dia.”
Bia Haddad.

“Depois de Li Na, o tênis se tornou um esporte mais popular na China. Ela também colocou uma semente de sonho em meu coração.”
Zheng Qinwen

“Tento não pensar em ser o atual campeão. Procuro apenas estar focado no meu próprio jogo, no que tenho que fazer para colocar o meu melhor nível em quadra. Essa é a única coisa que me importa agora. Eu coloquei para fora toda a pressão que as pessoas colocaram sobre mim. Eu apenas apago e me concentro no meu próprio jogo.”
Carlos Alcaraz

“Alguém disse que saí da quadra em lágrimas. Eu definitivamente não estava chorando.”
Jessica Pegula, cabeça 3, eliminada por Madison Keys por 6/1 e 6/3.

“Minha saúde mental é definitivamente muito melhor quando jogo com expectativas mais baixas e não coloco tanta pressão sobre mim mesma. Depois de todos esses anos, cheguei ao ponto em que não preciso mais estar aqui; eu posso estar aqui. Enquanto eu estiver me divertindo e decidir ficar aqui, continuarei jogando.”
Madison Keys

“Construímos nosso relacionamento por causa do tênis, mas agora já é maior que o tênis. Nos conhecemos desde os 6 anos. Temos um ótimo relacionamento. Ele é super honesto, super relaxado. É super fácil se comunicar com ele. Muito humilde. Ao mesmo tempo, ele é muito, muito engraçado. Quando você passa um tempo com ele, você sempre se diverte.”
Andrey Rublev sobre o compatriota Daniil Medvedev (ele é padrinho de Alicia, filha de Daniil e Daria)

“Espero que ela permaneça em primeiro lugar até eu chegar lá e tomar o lugar dela.”
Ons Jabeur sobre a nova WTA nº 1, Aryna Sabalenka

“Sinceramente, adoro jogar em quadras grandes, com estádios lotados e muita torcida. É realmente para isso que estamos trabalhando e jogando.”
Jelena Ostapenko

“Quando ganhei um Grand Slam, toda a minha vida mudou e precisei de tempo para me adaptar a tudo isso. Não foi fácil porque naquela época eu tinha 19 anos, estava completando 20. É muito difícil me acostumar com toda essa atenção, essa pressão. Todo mundo espera que você ganhe todas as partidas, todos os torneios. Isso não é possível porque você é humano.”
Jelena Ostapenko

“Acredito plenamente que estou onde estou porque estabeleço expectativas muito altas para mim mesmo e mantenho um padrão elevado. Quando estou treinando, quando estou jogando, sou quase um perfeccionista. Quero que tudo fique bem. É quem eu sou. É por isso que tive sucesso em minha carreira.”
Taylor Fritz

“Frances como jogador é eletrizante. Ele tem sido como um irmão para mim desde que entrei no circuito e um cara que acreditou em mim desde meu primeiro torneio ATP. Um cara legal fora da quadra. Mas na quadra, um pesadelo para lidar. Ele faz muitas coisas bem, uma delas é envolver a multidão. Você quer vê-lo jogar o tempo todo. Ele meio que tem aquele ‘Efeito Carlos Alcaraz’, especialmente aqui em Nova York. Este é o lugar onde ele realmente quer aparecer.”
Ben Shelton sobre Frances Tiafoe

“Ele me pegou sete vezes. Não há ninguém no circuito que tenha algum tipo de histórico como esse contra mim, então espero que um dia desses eu consiga pegá-lo.”
Taylor Fritz sobre seu próximo oponente, Novak Djokovic

“A América teve alguns grandes nomes de todos os tempos: Pete Sampras, Agassi, McEnroe, Roddick, Connors, jogadores incríveis ao longo dos anos. Quando você está acostumado com campeões e números 1 do mundo, vencedores de Grand Slam, qualquer coisa exceto isso não é um sucesso, certo?”
Novak Djokovic

“Quero deixar o mundo árabe, o mundo africano, orgulhoso de mim. Estou aprendendo como lidar com as expectativas deles.”
Ons Jabeur, da Tunísia

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE