PLACAR

Fonseca vence mais uma em 3 sets e chega às quartas

Foto: II Open Comunidad de Madrid

Madri (Espanha) – Em seu segundo jogo no challenger de Madri, João Fonseca conseguiu mais uma vitória em três sets e garantiu vaga nas quartas de final do torneio em quadras de saibro na capital espanhola. Fonseca superou nesta quinta-feira o francês Harold Mayot, cabeça 7 do evento e 119º do mundo, por 6/2, 3/6 e 6/3 em 1h37 de partida.

Vindo de uma virada sobre o argentino Guido Andreozzi na estreia, Fonseca iniciou a semana na 292ª posição do ranking. Com os 14 pontos já conquistados em Madri, o carioca de 17 anos está subindo para o 276º lugar, melhor marca da carreira. Se ele vencer mais uma, receberá 25 pontos e iria se firmar entre os 270 melhores. O torneio dá 100 pontos ao campeão e 50 para o vice.

O próximo adversário de Fonseca em Madri será o suíço de 22 anos Leandro Riedi, 166º do ranking, em confronto inédito no circuito. O brasileiro busca sua terceira semifinal de challenger ano, repetindo o resultado de Buenos Aires em janeiro. Sua melhor campanha na temporada, foi a final de Assunção, alcançada em março. Depois de Madri, ele jogará o ATP 250 de Bucareste na semana que vem.

Fonseca teve bom desempenho no saque durante o set inicial, ainda que tenha colocado apenas 48% de primeiros serviços em quadra. Ele passou por seus três primeiros games de serviço com apenas três pontos perdidos. E com duas quebras, abriu 5/2 no placar. Sacando para o set, escapou de um 15-40 e definiu a parcial.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

No segundo set, foi Mayot quem sacou muito bem. O francês não enfrentou break-points e cedeu apenas três pontos em seus games de serviço. Ele aproveitou sua única chance de quebra e igualou a partida. Logo na abertura do terceiro set, Fonseca escapou de dois break-points. Mas depois disso, o carioca não correu mais riscos em seus games de serviço.

O equilíbrio prevaleceu até o 3/3. E com seu jogo agressivo e de muita potência nos golpes, aproveitando-se das condições um pouco mais rápidas que Madri oferece, Fonseca conseguiu se impor na reta final. Ele venceu 12 dos últimos 15 pontos da partida, com dois bons games de saque e uma quebra para chegar à vitória.

26 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gusmão
Gusmão
1 mês atrás

Parabéns Fonseca.
Saque foi importante, forçou o adversário no fundo.
A torcida continua contribuindo.

fernando
fernando
1 mês atrás
Responder para  Gusmão

Segundo saque Kick estava quase encobrindo o Frances. A quadra ta rápida e o Fonseca ainda não conseguiu sentir a bola, muitos ENF. Quem sabe no terceiro jogo esteja mais adaptado.

ADALBERTO SOUZA
ADALBERTO SOUZA
1 mês atrás
Responder para  Gusmão

BEM QUE EU NÃO QUERIA SONHAR… MAS O FONSECA NÃO DEIXA! KKK….

Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
1 mês atrás

Bela vitória do João. Soube assimiliar a derrota no segundo set e voltou firme para o terceiro. É seu 4º bom resultado este ano, o 3º em Challenger. O suíço Riedi está no TOP 200 há um tempo já, fez 3 finais de Challenger este ano, a princípio é favorito, mas não é do saibro. Oportunidade para o João igualar e buscar sua 3º semifinal de Challenger este ano. Bora João.

Belarmino Jr
Belarmino Jr
1 mês atrás

Ele já um tenista no mínimo top 150..

Leonardo
Leonardo
1 mês atrás

Parabéns João!

André Borges
André Borges
1 mês atrás

Como tinha falado o João já tem nível até melhor do que esses #100-200 menos badalados. Se tudo correr bem passa pelas quartas também que é bem acessível. Na semi o Rodionov não é fácil, mas é bem menos pior que o Zapata Miralles. Então vejo um caminho bom até a final.

Brunocc
Brunocc
1 mês atrás
Responder para  André Borges

Ou você é muito otimista, ou não valoriza os adversários.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
1 mês atrás

Foi muito bem,ainda cometendo muitos erros não forçados,mas vêm evoluindo,bora João!!!

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás

Parabéns, jogo agressivo com saque muito bom e principalmente usando o contrapé, golpe que eu considero divino. Falhou um pouco nos smashs e voleios, quase complicou o jogo. Mas foi uma vitória importante para dar bastante segurança. Boa sorte nos próximos.

Andre Barbieri
Andre Barbieri
1 mês atrás

Alguém sabe dizer qual costuma ser o ranking de corte do quali de Roland Garros? Tá dando pra sonhar já hein?

Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
1 mês atrás
Responder para  Andre Barbieri

Acredito que abaixo de 220 consiga

Alexandre
Alexandre
1 mês atrás
Responder para  Andre Barbieri

240

Paulo
Paulo
1 mês atrás
Responder para  Alexandre

Depende do ano. 220 garantido acima disso tem q contar c algumas desistências

Antônio Luiz Júnior
Antônio Luiz Júnior
1 mês atrás

Grande vitória de Fonseca. Obviamente, não podemos criar expectativas muito altas, é tentar ganhar jogo a jogo, Já está fazendo uma ótima campanha, subindo gradativamente no ranking e sendo convidado para vários torneios. O tenista suíço é o favorito, mas, acredito muito no brasileiro…

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás

Afff… Como a gente tá carente, né?
Tem gente aqui colocando o Fonseca na Final!
Calma gente! O menino tá começando!
Qualquer resultado é possível e já está bom o que ele fez até agora!
Há 2 meses ele era Top#700…

Última edição 1 mês atrás by Adalberto
Bukele
Bukele
1 mês atrás
Responder para  Adalberto

Um top 700 que atochou um 6/0 num francês top 40 num ATP 500.
Observe pelos olhos da verdade, o Fonseca tem bola pra beirar o top 100 do mundo e só não vai entrar nos 100 melhores agora por falta de resistência física e de “casca” no circuito, mas logo logo chega lá. O Fonseca é um futuro top 50 a caminho

Gabriel Vellutini
Gabriel Vellutini
1 mês atrás

Ótimo resultado. Se fizer um bom resultado essa semana e no ATP da semana que vem pode conseguir a vaga no qualy de Roland garros.

Leonel
Leonel
1 mês atrás
Responder para  Gabriel Vellutini

Ele tá tão bem na fita e pode até conseguir convite pra Roland Garros. Tudo tá possível pro João . Tá bem badalado.

ADALBERTO SOUZA
ADALBERTO SOUZA
1 mês atrás
Responder para  Gabriel Vellutini

Também acreditaria num voucher, mas organizadores costumam ser bairristas…
E é compreensível privilegiar os de casa…
E não dar asas ‘uma cobra brasilis’! kkk…
Vai que o nosso Fonseca fatura…

Albert
Albert
1 mês atrás

Eu nao vi o jogo todo, vi alguns bons pontos, mas aconteceu de novo hoje o q eu observo q aconteceu muito nos jogos anteriores: quando o adversário dá um drop shot, o João perde. Me chamou a atençao primeiro no jogo contra o Orlando Luz, q abusou dessa jogada. Ganhou quase todos. Desde entao, eu vejo isso: ou o João não chega, ou erra. Principalmente no backhand. Me corrijam se estiver sendo injusto.

Beto_poa
Beto_poa
1 mês atrás
Responder para  Albert

Está certo, o João precisa de mais trabalho físico, explosão, força nas pernas e etc…, normal pra alguém com apenas 17 anos.

ADALBERTO SOUZA
ADALBERTO SOUZA
1 mês atrás
Responder para  Albert

Fica muito na linha de base…

Neto
Neto
1 mês atrás

Precisamos segurar o nosso emocional. Difícil demais porque o garoto está…. METEÓRICO!!!
Vamos!

Jose Carlos
Jose Carlos
1 mês atrás

Já faz por merecer um wild card em Roland Garros. Seria uma atração e muito mais justo do que esses tais “convenios” entre federações dos EUA, Grã-Bretanha, França e Austrália que monopolizam os convites de todos os slams para jogadores desses 4 países e excluem o resto do mundo.

Arthur
Arthur
1 mês atrás

João tá voando

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE