PLACAR

Fonseca joga 5ª pelas oitavas e é convidado para Bucareste

Foto: II Open Comunidad de Madrid

Madri (Espanha) – Depois de uma estreia dura, na qual teve que buscar a virada para superar o quali argentino Guido Andreozzi de virada, o jovem carioca João Fonseca terá um teste ainda maior na segunda rodada do challenger de Madri contra o francês Harold Mayot.

Cabeça de chave número 7, o francês de 22 anos e atual 119 do mundo enfrentará o carioca de 17 anos na última partida do dia na quadra central. O jogo está marcado para acontecer não antes das 17h locais (12h no horário de Brasília).

Será a primeira vez que os dois medirão forças no circuito. Nesta temporada, tem conquistado ótimos resultados, começou o ano fazendo semi no challenger de Buenos Aires e depois brilhou no Rio Open, onde bateu dois top 100 para alcançar as quartas. Ele também foi vice no challenger de Assunção.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

“É meu primeiro challenger na Europa. Estou me sentindo muito bem aproveitando muito e tem alguns brasileiros aqui também”, disse Fonseca, após a vitória sobre Andreozzi por 4/6, 6/4 e 6/2. “Primeira rodada é sempre mais difícil, ainda mais contra o Guido que é muito experiente e está há muito tempo no circuito. Agora ele está mais focado nas duplas, então não tem tanta pressão. No primeiro set ele jogou muito bem, mas consegui me encontrar na partida, sacando e devolvendo melhor. Segui acreditando até o final da partida”.

Do outro lado, Mayot também fez semi em seu primeiro torneio de 2024, no challenger da Nova Caledônia, repetindo o feito em Quimper. O francês foi às quartas no ATP 250 de Montpellier, furou o quali em Miami e foi vice campeão no challenger de Barletta, duas semanas atrás.

Além de Fonseca, os duplistas brasileiros entrarão em ação pelas quartas de final. Ao lado do colombiano Nicolas Berrientos, o gaúcho Rafael Matos enfrentará Fernando Romboli e Marcelo Zormann, enquanto os gaúchos Marcelo Demoliner e Orlando Luz pegam o italiano Marco Bortolotti e o espanhol Sergio Martos.

O carioca se junta a Wild no ATP de Bucareste
Também nesta quarta-feira foi anunciado um convite para Fonseca na chave principal do ATP 250 de Bucareste, que será disputado na próxima semana. Com isso, o evento terá dois brasileiros, já que o paranaense Thiago Wild também está inscrito. “Só tenho a agradecer muito pela oportunidade de jogar em Bucareste pela primeira vez. Estou super animado para jogar esse torneio”, falou o carioca, em vídeo nas redes sociais.

Entre os principais cabeças de chave estarão o francês Adrian Mannarino, o argentino Francisco Cerúndolo, o norte-americano Sebastian Korda, o holandês Tallon Griekspoor e o sérvio Laslo Djere.

29 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Vamos Fonseca

Jose Maria
Jose Maria
1 mês atrás

Aos poucos vai avançando no ranking e ganhando experiência, será top 100 ainda em 2024.

Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
1 mês atrás
Responder para  Jose Maria

Acho ousada essa previsão. Se isso acontecer, seria excepcional. Mas se for TOP200, já seria muito bom e um belo ponto de partida. Poucos tenistas terminaram o ultimo ano de juvenil dentro do TOP200. Como comparação, na geração 2005, só o tcheco Jakub Mensik, o croata Dino Prizmic e o chinês Juncheng Chang, na 2004 só o francês Luca Van Assche ( Arthur Fils fechou em 250). Na geração 2003 só Carlos Alcaraz e Holger Rune, na 2002 só Lorenzo Musetti, na 2001 só Jannik Sinner, a geração 2000 só Felix Aliassime e por aí vai.

Eduardo
Eduardo
1 mês atrás
Responder para  Guilherme Ribeiro

Poo irado!!! Bela informação!! E só craque!!

Evandro
Evandro
1 mês atrás
Responder para  Guilherme Ribeiro

Boa info!! Mas, o último ano de juvenil do João não foi 2023? Ou esse levantamento considera sempre o ano em que o jogador completa 18 anos, independente de não jogar mais juvenil?

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
1 mês atrás
Responder para  Evandro

Considerei sempre o ano que o jogador completa 18 anos, onde ele ainda tem idade de juvenil.

João Pedro
João Pedro
1 mês atrás
Responder para  Guilherme Ribeiro

Fonseca será melhor que Felix d Musetti

Rafael Rotilli
Rafael Rotilli
1 mês atrás
Responder para  João Pedro

Eu aposto em um top 20 em 3 anos

Bruno
Bruno
1 mês atrás

Eu me divirto com os nomes dos gringos…
Já tivemos o Rola, agora temos o francês que veio pra Brasil, o E. Couacaud… Eu não sei muito francês, mas me parece que se fala cocô. Rs…
E agora o Fonseca vai jogar com Mayot. Será que vai ser Beach Tênis? Hehehhe

Alberto Carlos Vaz ferreira
Alberto Carlos Vaz ferreira
1 mês atrás
Responder para  Bruno

Lá ele kkkkkk

Ernani Chaves
Ernani Chaves
1 mês atrás
Responder para  Bruno

como tem o “a” depois de “Cou”, então é “Cuacô”, muito engraçado

Beto_poa
Beto_poa
1 mês atrás
Responder para  Bruno

a pronuncia é : cu a cô

Gustavo
Gustavo
1 mês atrás
Responder para  Beto_poa

Foi uma piada..

Beto_poa
Beto_poa
1 mês atrás
Responder para  Bruno

Cocô em francês é caca ( mas se pronuncia cacá ), o mesmo nome do nosso glorioso jogador de futebol, aliás, os gringos devem ter se divertido também com esse nome…

Rafael Rotilli
Rafael Rotilli
1 mês atrás
Responder para  Bruno

Mto bom kkkkkk

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Expectativa de um jogo consideravelmente mais espinhoso q a estreia, Francês é melhor rankeado e vem numa boa temporada até aqui, é esperar q o Fonseca eleve o nível com a confiança pela vitória na estreia..

Última edição 1 mês atrás by Refaelov
Rockton
Rockton
1 mês atrás

Cara!
Lembro do Félix Auger-Aliassime ganhando convite para o Rio Open quando também era bem jovem.
Se tem uma coisa certa nesse mundo é a sabedoria popular, principalmente os ditos: “ninguém dá nada de graça para ninguém” e “por trás de quase tudo nesse mundo está dinheiro e/ou poder”.
Sendo assim, fico imaginando como ele está conseguindo tantos convites.
No tenis não basta o cara ser bom, “as coisas” também precisam acontecer favoravelmente.

Vanessa
Vanessa
1 mês atrás
Responder para  Rockton

Meu, quem vai pagar para jogar e cair na primeira rodada ( O que aconteceu nos dois últimos 250 que o João disputou)?. Ele, obviamente, está sendo convidado pelo hipe que está gerando. Os méritos estão na excelente campanha no Rio Open quando ganhou de dois top 100 em ótimas performances.

Xico Tripas
Xico Tripas
1 mês atrás
Responder para  Vanessa

Não seja inocente!
Eu não disse que ele está pagando, só disse que “ninguém dá nada de graça para ninguém”, isso é tão certo quanto dizer que o sol vai nascer amanhã. Eu não acredito em bruxas, mas que elas existem, existem.

Vanessa
Vanessa
1 mês atrás
Responder para  Xico Tripas

Não acredito que eu esteja sendo inocente. Realmente acho muito pouco provável que as “insinuações” que foram colocadas nesses comentários façam qualquer sentido. O menino é uma promessa, joga muito bem e está no hipe, só isso.

Xico Tripas
Xico Tripas
1 mês atrás
Responder para  Vanessa

Faça a seguinte pergunta a você mesma: nesse momento, no mundo inteiro, quantos rapazes de 17 anos jogam tão bem quanto o Fonseca?
Se souber verdadeiramente essa resposta, vai entender que no tenis não basta o cara ser bom, “as coisas” também precisam acontecer favoravelmente.
Na verdade, não é só no tenis. Pesquise histórico do draft da NBA, por exemplo. Vai ver “não basta o cara ser bom, “as coisas” também precisam acontecer favoravelmente. Se ignorar isso, é muito, muito, muitíssimo inocente.

Xico Tripas
Xico Tripas
1 mês atrás
Responder para  Xico Tripas

Só um exemplo: veja quem são os proprietários da marca de material esportivo que o Fonseca usa, Quanto você pagaria para ver sua marca exposta em mais “palcos” pelo mundo?
Não estou dizendo que o Fonseca é ruim e não merece os convites, pelo contrário, ele é muito bom. Só estou mostrando que “nem tudo é só o que se vê na TV”.

Beto_poa
Beto_poa
1 mês atrás
Responder para  Xico Tripas

da uma olhada no ranking do nextgen 2024, jogadores com ranking bem abaixo do Fonseca também estão jogando challengers por terem recebido convites. https://www.atptour.com/en/rankings/next-gen-race

Beto_poa
Beto_poa
1 mês atrás
Responder para  Xico Tripas

no momento ele é nome quase certo en Jeddah e a ATP esta fazendo um bom marketing com a imagem dele pra esse torneio e pro futuro também.

Bernardo Oliveira
Bernardo Oliveira
1 mês atrás
Responder para  Rockton

Ele está ganhando convites porque todo torneio quer ser o torneio que futuro grande jogador ganhou ou se consagrou primeiro. Está ganhando convites porque aos 17 anos joga no mesmo nível que caras como Alcaraz, Aliassime, Sinner, Ruud jogavam quando também tinham 17 anos

Marcelo Ikeda
Marcelo Ikeda
1 mês atrás

ótimo tbem ver o João falando FLUENTEMENTE em espanhol e inglês rs. já tá preparado para o circuito internacional rs.

Gustavo
Gustavo
1 mês atrás
Responder para  Marcelo Ikeda

Tem um aqui q comenta no site e no blog q acha q tenista tem q jogar tênis, não tem q falar inglês. Q qdo precisar se comunicar, os torneios deveriam disponibilizar tradutor.
Acredita?
Tenista viaja o mundo todo, tem colegas e árbitros e técnicos e equipes do mundo todo e o cara acha q não tem “perder” tempo aprendendo inglês.
Absurdo

Helena Abreu
Helena Abreu
1 mês atrás

Está recebendo convites para ATPs 250 por ser uma atração a mais para os Eventos, pelos resultados no juvenil e agora no Rio Open. Seguindo um passo de cada vez para amadurecer e subir um degrau de cada vez sem pressa. Melhor do que pular etapas para os quais ainda não está preparado. O caminho está correto a meu ver.

Bruno
Bruno
1 mês atrás

“Mayot também faz semi em seu primeiro torneio de 2014”. Creio que o correto seja 2024.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE