PLACAR

Fonseca aplica “pneu” e faz história para o Brasil no Rio

Foto: Fotojump

Rio de Janeiro (RJ) – A comemoração dos 10 anos de Rio Open não poderia ser melhor para o público brasileiro, que nesta quarta-feira viu o promissor João Fonseca conquistar a quarta vitória do país na chave principal. O carioca de 17 anos fez um jogo irretocável e surpreendeu o francês Arthur Fils, sétimo cabeça de chave e número 36 do ranking aos 19 anos, triunfando com parciais de 6/0 e 6/4 em 1h30 de partida.

Com a vitória de Fonseca, sua primeira em ATP, pela primeira vez na história do Rio Open quatro jogadores brasileiros alcançam juntos a segunda rodada do torneio. Isso não acontecia em um ATP no país desde 2001, quando Flavio Saretta, Ricardo Mello, Alexandre Simoni e Fernando Meligeni não apenas superaram a estreia no Brasil Open, mas também atingiram as quartas de final.

Fonseca dará um grande salto no ranking com este triunfo, disparando provisoriamente 219 posições. Ele sairá do atual 655º lugar pra o 436º, bem acima do 636º, o maior da carreira até então. O carioca terá agora pela frente o chileno Cristian Garin, campeão em 2020 e 88º do mundo, que derrotou o espanhol Roberto Carballes na estreia por 2/6, 7/6 (7-1) e 6/3.

A partida não poderia começar melhor para Fonseca, que logo no primeiro game aproveitou um dos dois break-points que teve e abriu a partida com quebra. Jogando um tênis muito firme, sem cometer erros apesar da pouca idade, o carioca de apenas 17 anos se manteve firme no restante da parcial e contou com um desempenho nada animador de Fils.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

O francês não se encontrou em quadra e acabou se tornando presa fácil para um Fonseca que foi bastante consistente. Aproveitando o nível baixo do francês na partida, o carioca anotou mais duas quebras, uma no terceiro game e outra no quinto, manteve seus serviços com autoridade e aplicou um “pneu” para cima do sétimo favorito.

Este foi a primeira vez que um brasileiro venceu um game por 6/0 no Rio Open. Fonseca também se tornou o primeiro sul-americano com menos de 18 anos a aplicar um “pneu” sobre um top 50 em torneios da ATP desde que o ranking foi estipulado, em 1973.

No segundo set, Fils elevou o nível e passou a sacar melhor, saiu de 63% dos primeiros serviços em quadra para 79% e saiu de apenas 38% de aproveitamento com o serviço para 59%. Contudo, Fonseca não se abalou e manteve a consistência da parcial anterior e continuou pressionando o rival. O francês salvou um break-point no terceiro game, mais dois no quinto e no sétimo sofreu o que seria a quebra decisiva.

 

65 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
1 mês atrás

Que resultado espetacular. Fantástico. Com 17 anos vencer um TOP40 é muito esperançoso. Espero e torço muito para o João seguir a carreira no profissional. O potencial para crescer rápido está aí. Precisa de muito trabalho e escolher bem os torneios para subir rápido no ranking. A decisão obviamente é dele e da família, devemos respeitá-la, mas para o torcedor seria frustante não pode ver ele no circuito por um tempo.

Bukele
Bukele
1 mês atrás
Responder para  Guilherme ES Ribeiro

Caçambar um 6/0 na fuça de um top 40 com 17 anos de idade é coisa rara de se ver. Eu sinceramente nem esperava que o Fonseca ganhasse. Resultado impressionante, avassalador. O que ainda deve faltar pro Fonseca é só a resistência física pra aguentar vários jogos seguidos jogando assim, mas o futuro dele parece que vai ser brilhante.

Leo, o realista
Leo, o realista
1 mês atrás
Responder para  Bukele

Lembrando que o Fills também é um molecote de 19 anos…

Eduardo
Eduardo
1 mês atrás
Responder para  Leo, o realista

Comentário idiota. O cara é 35 do mundo já… O outro acabou de começar a jogar profissional.

Augusto
Augusto
1 mês atrás
Responder para  Leo, o realista

kkkkkk você não consegue nem enaltecer uma vitória dessa. Você e o FF, vivem falando de nível de jogo, o menino bate firme, pra frente. Vocês não tem cura mesmo rs

Paulo A.
Paulo A.
1 mês atrás
Responder para  Guilherme ES Ribeiro

E o futuro chegou! Impresssionante.

Ivan Sakharov
Ivan Sakharov
1 mês atrás

Esse garoto não cansa de nos derrubar o queixo. Onde é que ele vai parar??? Espero que muito longe. Parabéns, João Fonseca!!!

Marcos
Marcos
1 mês atrás

Fenomenal!!!!

Leandro Heck
Leandro Heck
1 mês atrás

Performance notável. Jogou com a regularidade de um veterano e a intensidade de um talentoso tenista. Merece muitos aplausos..

Adalberto
Adalberto
1 mês atrás

Simplesmente Fantástico João Fonseca!
Será que acabou a ‘sêca’ pro Brasil no Tênis?
!

Wilton Bernardes
Wilton Bernardes
1 mês atrás
Responder para  Adalberto

ah sim, uma vitoria contra um mlk de 17 anos 35 do mundo
realmente é um belo parametro kkkkkkk

JONY MARCIO SANTOS
JONY MARCIO SANTOS
1 mês atrás

Jogou demais. O moleque tem 17 anos. Difícil a gente não se empolgar. Tomara que ele confirme tudo que todo mundo espera dele. Seria bom demais o Brasil ter um tenista no masculino brigando lá em cima. Mas é ter calma acima de tudo. Pela entrevista depois do jogo deu pra perceber que a cabeça parece muito boa. Isso já é meio caminho andado com esse talento que ele tem.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás

Saibro é o único piso que nos proporciona esse tipo de resultado! Número 36 tomando um vareio do 600 e lá vai pedrada! Sensacional!

Thiago
Thiago
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

Pode ser. Mas há 4 meses ele ganhou do #120 em hard. O ranking do Fonseca está longe de representar seu nível de jogo.

Ivan
Ivan
1 mês atrás
Responder para  Fernando Venezian

O número 36 tomando um vareio do 650 tem algum precedente na história será? Bom, ele já quebrou o tabu de tenista mais novo a meter pneu em um top 50 na era aberta.

Fernando Venezian
Fernando Venezian
1 mês atrás
Responder para  Ivan

Acho difícil hein, Ivan! Com pneu ainda!

Oscar
Oscar
1 mês atrás
Responder para  Ivan

Tenista sul-americano mais novo.

Leandro Schulai
Leandro Schulai
1 mês atrás

Como fica em termos de ranking?

Samuel Cunha
Samuel Cunha
1 mês atrás
Responder para  Leandro Schulai

Ganhou mais de 220 posições. Entrou no top 440.

Andrade
Andrade
1 mês atrás

Jogou muito! Impressionante o nível do 1 set! Espero que desista daquele pensamento de jogar o universitário americano.

Leonel
Leonel
1 mês atrás
Responder para  Andrade

Da mesma forma que assombrou todo mundo até na Sibéria com 17 anos dando pneu no top 40 também poderá ser a maior cagada do século ir pro Universitário. Tudo pode dar merda. Garoto tá apaixonado pelo tênis e com milhões de dólares pra ganhar no profissional e alguém querer ele sentado numa carteira de universidade aprender fórmulas matemáticas. Kkk. Cagada do século.

Ivan
Ivan
1 mês atrás
Responder para  Leonel

Sem dúvida

Lucas
Lucas
1 mês atrás

Jogou muito! Mostrou ter condições de jogar contra top 100.
Vamos ver como será a evolução e se jogara profissionalmente ou no circuito universitário americano.
4 brasileiros na 2a rodada de ATP-500, bora Brasil!

Rbclima
Rbclima
1 mês atrás

q lapada. Chegou mostrando pra q veio!

Jorge Luiz
Jorge Luiz
1 mês atrás

Sensacional Fonseca, excelente, agora bora pra cima do Garin

Alexandre
Alexandre
1 mês atrás

Futuro do tênis brasileiro ja tem nome

Wilton Bernardes
Wilton Bernardes
1 mês atrás
Responder para  Alexandre

kkkkkkkkkkkkkk
mano os caras empolgam demais com 1 vitoria contra um mlk é 35 do mundo. ele nao ganhou de algum top 10 com titulos, viaja nao.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
1 mês atrás

O garoto é talento puro,ganhou com autoridade de um top 40, espero que ele resolva mergulhar de vez no profissional,pois certamente estará entre os melhores num futuro não tão distante… Fonseca do Brasil!!!!

Guilherme
Guilherme
1 mês atrás

Vencer um top 40 já é algo incrível. Porém dominar a partida dessa maneira é algo fora de série. Estão deixando a gente sonhar

André Borges
André Borges
1 mês atrás

Esses caras vem aqui pra pegar praia e cheque. Fonseca que não tem nada a ver com isso fez o que tinha que fazer e passou o trator. Não sei se concordo com essa política de cachê pra “estrelas” do porte do Fils.

Thiago
Thiago
1 mês atrás
Responder para  André Borges

Esses caras são mega profissionais. Podem até dar um pulo aqui ou ali, mas em geral sequer tomam um copo de cerveja.

Fonseca AMASSOU o Fils no 1o set. O francês não sabia mais o que fazer. Nos 2 primeiros games, o Fonseca sustentou TODOS os rallies. Foi aí que começou a história.

André Borges
André Borges
1 mês atrás
Responder para  Thiago

Não falo de cerveja, falo de praia e cheque mesmo. Fonseca não tem nada a ver com isso e nem to desmerecendo o resultado, tem que passar o trator em quem vem pensando em praia e cheque e ele passou com autoridade.

Leonel
Leonel
1 mês atrás
Responder para  André Borges

Se não tiver cachê o ATP fica esvaziado.rsrs e sei lá, o Rio pode até perder vaga no calendário sem as “estrelas”.

André Borges
André Borges
1 mês atrás
Responder para  Leonel

Sim, eu entendo. Acho ok vc trazer Alcaraz, um top 10 mais barato, um Wawrinka. Esses caras chamam torcida apesar de sabermos que eles vêm atras de “férias” e cheque também, perdem na semi final pra qq um, desistem no primeiro risco de lesão mais séria, tudo isso é ok é o risco que o torneio corre. Mas agora o Fils? Quantos ingressos o Fils vendeu pra compensar o investimento nele? Pra ser tratorizado desse jeito era melhor trazer o Murray ou o Thiem ou o Cilic que têm muito mais a oferecer em termos de entretenimento mesmo que sejam tratorizados.

Leo, o realista
Leo, o realista
1 mês atrás
Responder para  André Borges

Bom comentário! É bem verdade isso que vc falou. Esses caras dos convites, não vem aqui com a mais alta competitividade do circuito, até pq estão de olho em Indian Wells e Miami e não fazem uma preparação para o saibro.
Vem pra dar um passeio, pegar um cheque e se manter ativos e jogando sem correr riscos de lesões.
O Fonseca não tem nada com isso e fez a parte dele.

Fred Magalhães
Fred Magalhães
1 mês atrás

Não costumo me empolgar com vitórias nem demonizar derrotas, embora algumas sejam bem doídas mas essa vitória do João foi impressionante mesmo. Nunca tinha visto o menino jogar mas ele tem de fato um arsenal de golpes, principalmente no drive incomuns para alguém tão novo. Impressionante. Espero que tenha aposentado de vez essa ideia do College.

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás

Muito animador esse resultado. Esse garoto tem um potencial absurdo. Jogou muito contra um jogador muito mais experiente. E olha que o saibro nem é seu piso predileto. E somente a título de comparação, Guga venceu sua primeira partida ATP aos 19 anos…

CHUPA NÊGA!
CHUPA NÊGA!
1 mês atrás

Bamos!

Evandro
Evandro
1 mês atrás
Responder para  CHUPA NÊGA!

Gostei do nome usado no perfil: chupa nega! Mantendo a memória do que passou.

Ivan Sakharov
Ivan Sakharov
1 mês atrás
Responder para  Evandro

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bernardo Dornela
Bernardo Dornela
1 mês atrás

Fenômeno, que direita e que facilidade de mudar a direção da bola. Abafou o Fils e o francês que pareceu ter 17 (tem só um pouquinho mais, convenhamos). Impressionante o quanto amadureceu em um ano o João Fonseca. No ano passado foi presa fácil nesse mesmo Rio Open. Pelo amor de Deus, College não!!!!

Gusmão
Gusmão
1 mês atrás

Parabéns Fonseca.
Grande Vitória.
Força para a próxima partida.

Gusmão
Gusmão
1 mês atrás
Responder para  Gusmão

E a Torcida hem, está fazendo sua parte.
Força Torcida Brasileira.

Rodolfo Butarelo
Rodolfo Butarelo
1 mês atrás

Espetacular o resultado do João, realmente joga fácil… Me parece que evoluiu muito fisicamente nesses últimos meses, está aí um jogador que promete grandes resultados para os próximos anos e temos a alegria de ser Brasileiro, calma para não queimar etapas mas o futuro empolga !

CHUPANÊGA!
CHUPANÊGA!
1 mês atrás

Que resultado espetacular. Fantástico. Com 17 anos vencer um TOP40 é muito esperançoso. Espero e torço muito para o João seguir a carreira no profissional. O potencial para crescer rápido está aí. Precisa de muito trabalho e escolher bem os torneios para subir rápido no ranking. A decisão obviamente é dele e da família, devemos respeitá-la, mas para o torcedor seria frustante não pode ver ele no circuito por um tempo.

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
1 mês atrás
Responder para  CHUPANÊGA!

Poxa, alguém clonou meu comentário e mudou o nome. Pode ser mais original.

Daniel Macedo
Daniel Macedo
1 mês atrás

Teve um muito esperto aí, ” “comentarista”,nesses dias, que apostou que o 6/0, 6/4 ia ser pro adversário do Joāo…

Rogério Falco
Rogério Falco
1 mês atrás

Impressionante!

Ubiratan (Black)
1 mês atrás

Impressionante!
Já seria se vencesse no limite, mas foi na total superiodade dentro de quadra.
Eu não duvido de mais avanços e mais grandes saltos no ranking ainda nesse torneio, mas já está tudo ótimo.
Se continuasse sem o previsto intervalo para estudo, nem sei onde pararia no fim do ano. Até por que dependeria se teria convites em torneios maiores como esse para ter esse tipo de oportunidade e possíveis saltos mais significativos assim.
Bem! não tem o que cobrar, só esperar e torcer quando estiver em quadra.
Bem! já tá grande mas vou torcer para ser 3 brazucas nas quartas.

Thiago
Thiago
1 mês atrás
Responder para  Ubiratan (Black)

Se ganhar mais uma, já vai ter ranking para entrar direto em alguns CHLs. Além de ter direito a mais alguns convites por ter fechado a temporada passada como #1 juvenil.

Jose Carlos
Jose Carlos
1 mês atrás

Resultado importante, porem obtido no ATP 500 com a chave mais fraca de todo o calendário, calor e umidade extremos. O tenis masculino brasileiro continua de mal a pior e o torneio do Jockey Club do Rio vive sua edição mais fraca tecnicamente, da vergonha alguém pagar dinheiros para assistir aquilo ali. Nivel de challenger na Tunisia. Sao fatos.

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Jose Carlos

Caramba, que comentário infeliz.

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
1 mês atrás
Responder para  Jose Carlos

pisou em m.. do cachorro ao levantar da cama e colocou sal no cafe da manha… ou vc eh sempre assim???? comentarios ridiculos

Thiago
Thiago
1 mês atrás
Responder para  Jose Carlos

Teu comentário sobre o nível do torneio não tem respaldo na realidade. Mas supondo que houvesse, que diferença faria ter derrotado o #36 num ATP 250, num M 1000, num Slam ou num CHL?

Eu estive lá na sexta. A temperatura estava pra lá de amena.

Evandro
Evandro
1 mês atrás
Responder para  Jose Carlos

São fatos saindo de uma cabecinha oca.

Davi Poiani
Davi Poiani
1 mês atrás

Bravo! Está jogando demais o João Fonseca para quem tem somente 17 anos! Grande promessa do tênis brasileiro!

Renato
Renato
1 mês atrás

Rapaz!!!! O Fils é bom jogador, promissor…que vitória!!!!
O Garin ontem até o meio do segundo set jogou mal pacas, mas virou pq sempre luta muito.
Parada dura, mas da pra passar…vamooo

Henrique
Henrique
1 mês atrás

Vamos caraaaaaaaaaaaa! Tem tudo pra atropelar o Garin que já não tem ganas de jogar, infelizmente, há um bom tempo.

Nedu RIbefersi
1 mês atrás

Agora com ele e Thiago Wild que não foram pra Suécia teREmos um time muito bom na Davis, depois de muito tempo, alô Jaiminho, presta atenção meu filho, vê se não inventa.

Ivan
Ivan
1 mês atrás

Caramba, Fonseca assusta o mundo do tênis, tem até gringo chamando ele de Sinner 2.0.

Wilton Bernardes
Wilton Bernardes
1 mês atrás
Responder para  Ivan

kkkkkkkkkk

Marco Antônio Varella
Marco Antônio Varella
1 mês atrás

Resultado excelente e animador, mas certamente ele e a família não vão decidir a vida por conta de uma vitória. Por outro lado, ser o número 1 juvenil dá esperanças em conseguir grandes resultados no circuito. Creio que vão esperar mais resultados para se decidirem.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

Grande vitória do João Fonseca. Além de grande talento na parte técnica, parece que tem uma grande força mental. A continuar nesse ritmo, terá um futuro promissor. É um que poderá criar uma rivalidade com o Alcaraz e o Sinner, pois é três anos mais novo que o espanhol e cinco anos mais jovem que o italiano. Acredito que o Fonseca terá boas chances contra o chileno Cristian Garín, que curiosamente nasceu no mesmo dia, 30/05/1996, e tem a mesma altura, 1,85 m, que a nossa Beatriz Haddad Maia.

Dudu Bezerra
Dudu Bezerra
1 mês atrás

Já dá pra pensar em Qualy de Paris?

ARANGOMIE
ARANGOMIE
1 mês atrás

Sou de Mogi das Cruzes e vi ao vivo esse menino jogar contra o Orlando Luz – partida que ele perdeu, inclusive – no ITF daqui.

Fiquei impressionado com a potência dos golpes, a bola ganhava bem mais velocidade que a do Orlando, e salvo engano ele tinha 16 anos ainda.

Está mais que claro que se trata de um talento muito grande.

A vitória hoje superou qualquer expectativa que eu tenha criado aquele dia, fantástico.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE