PLACAR

Fils vence duelo francês e encara sérvio na decisão

Arthur Fils (Foto: Peter Staples/ATP Tour)

Jeddah (Arábia Saudita) – Principal cabeça de chave do Next Gen ATP Finals, o francês Arthur Fils está na grande decisão do torneio. Nesta sexta-feira, o jogador de 19 anos e 36º do mundo superou o compatriota e amigo Luca Van Assche, da mesma idade e 70º colocado, com parciais de 2/4, 4/1, 4/3 (7-1), 4/3 (8-6), em 1h37 de partida.

A principal arma de Fils na primeira semifinal do dia foi o saque. Com nove aces e 87% dos pontos ganhos com o primeiro serviço em quadra, o jovem francês venceu 23 dos 24 pontos disputados com seu primeiro saque nas últimas duas parciais. Ao todo, ele obteve 24 winners na partida contra 14 de Van Assche, cometendo 22 erros não forçados diante dos 14 do adversário.

Campeão no saibro de Lyon e também finalista na quadra rápida da Antuérpia, Fils busca mais um título antes de encerrar a temporada. Para isso, no entanto, terá pela frente o sérvio Hamad Medjedovic, de 20 anos e 110º colocado, que precisou jogar apenas 32 minutos para se garantir na decisão. Ele vencia Dominic Stricker, 94º do ranking, por 4/3 (7-5) e 2/1 quando o oponente foi forçado a se retirar devido a uma lesão nas costas. O duelo será inédito no circuito.

Amigos de infância

A partida entre Arthur Fils e Luca Van Assche foi repleta de ingredientes adicionais. Além da amizade de longa data, os dois franceses se reencontraram em quadra após protagonizarem a final juvenil de Roland Garros em 2021. Derrotado naquela ocasião, Fils conseguiu a revanche e comentou sobre a dificuldade de enfrentar o amigo.

“Hoje foi uma partida difícil contra um grande amigo. Nos conhecemos desde os nove anos, então foi um pouco difícil e estou feliz com a vitória”, disse em sua entrevista na quadra. “Entrei com a mentalidade de que posso vencer. O primeiro set foi difícil, ele estava jogando muito bem e defendendo muito bem, correndo muito rápido. Mantive o foco e estou muito feliz com esta vitória”, completou.

Torneio terá sexto campeão diferente

Criado em 2017, o Next Gen Finals chega nesta temporada à sua sexta edição e mais uma vez terá um campeão diferente. Depois de Chung Hyeon, Stefanos Tsitsipas, Jannik Sinner, Carlos Alcaraz e Brandon Nakashima, Fils e Medjedovic tentarão entrar para este seleto grupo. Vice-campeão em 2018 e 2019, o australiano Alex de Minaur é o único a ter alcançado a final mais de uma vez. Esta é também a primeira vez que o evento é realizado em Jeddah, onde ficará até 2027. Nos cinco primeiros anos, o torneio foi disputado em Milão.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
2 meses atrás

Sinceramente, este Next Gen não teve graça. Torneio esvaziado, sem os 4 principais nomes Sub-21 ( Alcaraz e Rune não tinha jeito mesmo, mas Shelton e Musetti poderiam ter ido). Momento do calendário ruim e em país sem tradição no tênis. Este ano não pegou

marcos henri
marcos henri
2 meses atrás
Responder para  Guilherme ES Ribeiro

cara assiste os outros jogadores esse fils e o filho do djokovic estarao no top 10 em 2024 alcaraz ta no mexico jogando exibicao

Joselito
Joselito
2 meses atrás

O filho do Djokovic tem a mão boa para as deixadinhas. O dois estão invictos e mereceram estar na final.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE