PLACAR

Favoritos, Melo e Ram levam virada, Monteiro também cai

Foto: Aliny Calejon

Atualizado às 12h34, após a derrota de Thiago Monteiro e Flavio Cobolli

Madri (Espanha) – Não durou muito a campanha do mineiro Marcelo Melo na chave de duplas do Masters 1000 de Madri. Nesta terça-feira, jogando ao lado do norte-americano Rajeev Ram, ele foi derrotado logo na estreia. Os algozes foram o equatoriano Gonzalo Escobar e o cazaque Alexander Nedovyesov, que venceram de virada com parciais de 4/6, 6/3 e 10-8 em 1h21 de partida.

Convidados da organização, Escobar e Nedovyesov vão enfrentar nas oitavas de final os franceses Sadio Doumbia e Fabien Reboul, cabeças de chave 16, que derrotaram a parceria do cearense Thiago Monteiro com o italiano Flavio Cobolli por 6/2 e 6/3 em apenas 51 minutos. Donos de três títulos no circuito jogando juntos, Doumbia e Reboul têm como melhor campanha em Masters 1000 a semifinal de Xangai no ano passado.

Por sua vez, Monteiro se despede do torneio de Madri após ter chegado à terceira rodada na chave de simples, caindo para o tcheco Jiri Lehecka. Apesar da eliminação, o brasileiro sai mais confiante com seu nível de jogo e espera manter a boa forma na sequência da temporada de saibro. Ele jogará nas próximas semanas em Roma e Roland Garros.

Melo e Ram têm bom início, mas não sustentam vantagem

Oitava dupla mais bem cotada no saibro madrilenho, Marcelo Melo e Rajeev Ram começaram bem e foram os primeiros a quebrar, abrindo 3/1. Só que Escobar e Nedovyesov reagiram rápido e devolveram o break logo em seguida para empatar por 3/3. Após salvar um break-point no sétimo, o mineiro e o norte-americano anotaram nova quebra no décimo e assim fecharam o primeiro set.

Na segunda parcial, Escobar e Nedovyesov conseguiram uma confortável vantagem, com uma quebra logo no primeiro game e depois com outra no quinto, para marcar 5/1. O brasileiro e o norte-americano devolveram um dos breaks, mas ficaram nisso e a definição foi para o match-tiebreak, no qual o cazaque e o equatoriano foram superiores e garantiram a vitória.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rafael Guimaraens
Rafael Guimaraens
27 dias atrás

Estranha a separação de Ram e Salisbury, uma dupla super entrosada e vitoriosa. Ram entrou numa fria com o Melo, que foi um grande duplista, mas já não consegue mais jogar no nível dos outros.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
27 dias atrás

Aquela final com o Sasha foi um ponto completamente fora da curva. Infelizmente, não dá mais.

Ana
Ana
27 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

Sim…. E não sei que grude é esse dele com o Zé verev…. O cara tá aquecendo e ele tá lá do lado…. Quando mostraram o Nadal pouco antes de entrar em jogar contra o cochin… Zé verev tava lá. Pulando corda e nem era o dia dele jogar. Tinha ganhado. No dia anterior do Shapo… Quem tava lá de olho nele? MM….

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
27 dias atrás

E pelo visto, Matos e Barrientos tbm já era né?!

Kario
Kario
27 dias atrás

Ram jogou muito bem. Não é fácil jogar sozinho contra três.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE