PLACAR

Eslováquia varre Sérvia e lidera classificados na Davis

Foto: Srdjan Stevanovic/ITF

Kraljevo (Sérvia) – Depois de vencer os dois primeiros jogos da série, os eslovacos completaram a varrida sobre a Sérvia neste sábado. Sem contar com Novak Djokovic, sua principal estrela, o time da casa não foi páreo para os rivais, perdeu a partida de duplas que selou a vitória da Eslováquia e depois ainda o jogo de fundo de simples, que já não valia mais muito, perdendo por 4 a 0.

Abrindo o segundo dia de confronto, os anfitriões sérvios entraram na dupla com Nikola Cacic e Miomir Kecmanovic, enquanto os eslovacos apostaram em Lukas Klein e Igor Zelenay, que levaram a melhor em sets diretos, com parciais de 7/6 (7-4) e 6/3. Fechando o sábado, o sérvio Laslo Djere jogou apenas sete games contra o eslocado Lukas Pokorny e abandonou quando perdia pelo placar de 4/3 no primeiro set.

Os eslovacos foram apenas mais uma das equipes que asseguraram vaga na fase de grupos da Copa Davis, que acontece entre os dias 10 e 15 de setembro. Além deles, o Brasil também conseguiu se classificar ao bater a Suécia. Outras nações que seguiram o mesmo caminho foram Alemanha, Finlândia e Holanda.

Alemanha confirma após susto

Jogando fora de casa, os alemães garantiram a vitória nos dois primeiros jogos do sábado. Após um surpreendente 1 a 1 no primeiro dia, a forte dupla de Tim Puetz e Kevin Krawietz bateu os húngaros Fabian Marozsan e Mate Valkusz com parciais de 6/3 e 7/6 (7-3), e a vitória germânica foi selada com Jan-Lennard Struff superando Valkusz com o placar final de 6/3 e 6/2.

Finlândia resolve nas duplas

Quem resolveu o confronto ainda mais cedo foi a Finlândia, que viu a dupla de Harri Heliovaara e Emil Ruusuvuori bater os portugueses Nuno Borges e Francisco Cabral com o placar final de 6/4 e 7/6 (8-6) e assim sacramentar o triunfo dos finlandeses, que havia vencido os dois jogos de simples no dia anterior.

Holanda sofre até o fim e vence série duríssima

Já a classificação holandesa foi a mais suada, vindo apenas no quinto jogo. Jean-Julien Rojer e Wesley Koolhof perderam para os suíços Marc-Andrea Huesler e Leandro Riedi em dois tiebreaks, com 7/6 (7-5) e 7/6 (7-2), depois Tallon Griekspoor manteve o time vivo ao bater Riedi em mais dois tiebreask, com 7/6 (8-6) e 7/6 (7-3), para no fim Botic van de Zandschulp salvar o dia superando Huesler de virada, com 5/7, 7/6 (7-5) e 6/3.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Renan Esteves
Renan Esteves
27 dias atrás

Eslováquia com Molcan, Klein e Polasek é uma equipe bem interessante e que dará trabalho para algumas equipes em setembro. Destaco também a Finlândia, com Virtanen, Heliovaara e Russuvuuori.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE