PLACAR

Dustin Brown anuncia aposentadoria para 2024

Berlim (Alemanha) – A temporada de 2024 será a última da carreira do icônico tenista alemão Dustin Brown. Aos 39 anos, o ex-top 70 anunciou em suas redes sociais neste sábado que segue se recuperando de uma lesão na região lombar e que fará sua despedida das quadras neste ano. O tenista não estipulou prazo para retornar ao circuito, mas afirmou que espera jogar ainda alguns torneios.

Profissional desde 2002, Brown ficou marcado por protagonizar incríveis lances de efeito e jogar um tênis fora do padrão. Ele possui 62 vitórias e 99 derrotas em simples e tem como melhor marca o 64º lugar do ranking em 2016. Um ano antes, o alemão obteve a maior vitória da carreira ao superar Rafael Nadal na segunda rodada de Wimbledon, em jogo de quatro sets. Na temporada anterior ele já havia vencido o espanhol em sets diretos nas oitavas de final do ATP 500 de Halle, também disputado sobre a grama, piso no qual sempre se destacou.

Em seu currículo, Dustin Brown também coleciona vitórias contra outros jogadores importantes, como o compatriota Alexander Zverev, o norueguês Casper Ruud, o polonês Hubert Hurkacz, o australiano Lleyton Hewitt e o croata Marin Cilic.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

O alemão também enfrentou o paulista Thomaz Bellucci sete vezes na carreira e levou a melhor em cinco delas, com destaque para a vitória por 3 a 0 na estreia do US Open de 2017. Curiosamente, as duas derrotas aconteceram por desistência, no quali de Gstaad em 2009 (em campanha que culminou no primeiro título de ATP do brasileiro) e na primeira rodada dos Jogos Olímpicos do Rio Janeiro, em 2016. Ele também já derrotou o paulista João Souza e o gaúcho André Ghem (duas vezes), e perdeu para Rogério Dutra Silva no quali de Roland Garros em 2012.

Seu último jogo nas simples aconteceu em 2021, na estreia do ATP 250 de Stuttgart, caindo para o georgiano Nikoloz Basilashvili. Desde então, Brown passou a se dedicar somente às duplas, tendo entrado em quadra pela última vez em junho do ano passado. Na especialidade, conquistou dois títulos (em 2010 e 2012) e alcançou a 43ª posição do ranking.

7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Fernando Venezian
Fernando Venezian
5 meses atrás

Um dos jogadores mais habilidosos que já vi! Aquele jogo contra o Rafa foi indescritível de lindo!

Alberto Carlos Vaz ferreira
Alberto Carlos Vaz ferreira
5 meses atrás

Bom jogador, foi ele quem ajudou Thomaz Bellucci a ter sua melhor campanha em Olimpíadas, porque no jogo entre eles, Brown liderava o jogo até se retirar devido a uma lesão e Bellucci avançou até às quartas de final perdendo para Rafael Nadal.

Osvaldo
Osvaldo
5 meses atrás

ótimo, agora o Nadal já pode respirar aliviado

Luis Ricardo
Luis Ricardo
5 meses atrás
Responder para  Osvaldo

kkkkkkkkkkk…raxei…..

Bernardo Dornela
Bernardo Dornela
5 meses atrás

Muito diferente, faz falta jogadores assim no circuito. Bom descanso, Brown!

Vagner Paiva
5 meses atrás

O pai do Nadal vai se aposentar em 2024 também

andré
andré
5 meses atrás

Brown foi um jogador que quem viu não esquece. Muito carismático, era um terror na rede com seus voleios acrobáticos. É lembrado pelas vitórias sobre Nadal, mas não se pode usar esses jogos como parâmetro. Sua carreira não teve tanta consistência, passou muitos anos nos torneios menores e seus números são próximos do Monteiro. Mesmo dez anos mais novo, o brasileiro tem mais jogos e vitórias de ATP, já o alemão venceu mais Challengers.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE