PLACAR

Djokovic: ‘Joguei um primeiro set quase impecável’

Foto: Peter Staples/ATP

Cincinnati (EUA) – Fechando a sexta-feira no Masters 1000 de Cincinnati, o sérvio Novak Djokovic manteve sua invencibilidade contra o tenista da casa Taylor Fritz e anotou sua sétima vitória em sete jogos contra o norte-americano, garantindo assim vaga na semifinal e um lugar no ATP Finals.

“Cada partida é uma nova partida, um novo desafio para nós dois. Nunca nos enfrentamos aqui. Obviamente, sendo o número 1 norte-americano, ele recebe muito apoio da torcida”, disse Djokovic sobre seu retrospecto perfeito contra Fritz, vencendo seis das sete partidas entre eles em sets diretos.

“Consegui largar muito forte, joguei um primeiro set quase perfeito e impecável. Depois comecei muito mal no segundo e entreguei-lhe uma quebra, mas a partir do 2/4 joguei realmente quatro games muito sólidos. No geral, foi um ótimo desempenho”, concluiu o cabeça de chave número 2 em Cincinnati.

Nas semifinais, Djokovic medirá forças com o alemão Alexander Zverev, contra quem tem sete vitórias e quatro derrotas, num duelo que não acontece desde 2021. O sérvio chega confiante depois de ver seu crescimento no decorrer da competição.

“Isso é algo que estou desejando, que a cada dia eu eleve um pouco mais o nível do tênis. É o que está acontecendo durante o torneio. Joguei três grandes partidas e cada dia tem sido uma sensação melhor em quadra no geral. Então, espero que a mesma trajetória possa continuar”, finalizou.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE