PLACAR

De virada, Sinner vence a primeira como número 1 do mundo

Foto: Mathias Schulz/Terra Wortmann Open

Halle (Alemanha) – Depois de assumir oficialmente o posto de número 1 do mundo no último dia 10 de junho, o italiano Jannik Sinner disputou nesta terça-feira sua primeira partida como líder do ranking masculino e venceu. Enfrentando um duro adversário na estreia do ATP 500 de Halle, ele saiu atrás no placar, mas superou o holandês Tallon Griekspoor com uma virada por 6/7 (8-10), 6/3 e 6/2 em 2h20 de confronto.

Esta foi a 33ª vitória consecutiva de Sinner contra um rival de fora do top 20, estando invicto contra adversários abaixo desta faixa desde que perdeu para o sérvio Dusan Lajovic na estreia do Masters 1000 de Cincinnati, em agosto do ano passado. Ele também mantém os 100% de aproveitamento contra rivais holandeses, estendendo sua marca para oito triunfos em oito jogos. Cinco deles foram justamente contra Griekspoor, que segue sem derrotar o italiano.

Quadrifinalista em Halle no ano passado, Sinner busca seu primeiro título na grama e terá como próximo adversário o o húngaro Fabian Maroszan, 45º colocado na ATP, que ainda na segunda-feira passou pelo russo Roman Safiullin em três sets. O duelo será inédito no circuito.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Jogo começa equilibrado, mas Sinner toma as rédeas

Por sua vez, Tallon Griekspoor continua sem saber o que é vencer um top 5, chegando agora à marca negativa de 12 derrotas, seis delas para o número 1 do mundo vigente. Contra top 10, ele tem apenas duas vitórias em 21 jogos. Ao menos por enquanto, o holandês segue estacionado na 27ª posição do ranking.

A partida desta terça-feira começou muito equilibrada, com um único break-point em todo o primeiro set, salvo por Jannik Sinner ainda no segundo game. Depois disso, os sacadores dominaram o jogo amplamente, com raras igualdades. Com isso, a definição só poderia ir para o tiebreak, e o italiano chegou abrir confortáveis 5-2 e chegou a ter dois set-points, mas não converteu. Ele ainda evitou duas bolas decisivas de Griekspoor, mas foi o holandês quem venceu a primeira parcial.

O começo do segundo set seguiu o mesmo roteiro de bastante equilíbrio até o quinto game, quando Sinner salvou três break-points, confirmando o serviço com uma jogada incrível em que precisou se jogar no chão e rolar para alcançar a bola. Com moral, ele quebrou o saque do adversário na sequência e seguiu tranquilamente para empatar o jogo.

A partir daí, o italiano não deu mais chances para o holandês e seguiu pressionando o saque do rival, conseguindo a primeira quebra da parcial decisiva ainda no terceiro game. Cada vez mais à vontade em quadra, o número 1 do mundo voltou a superar o serviço de Griekspoor no sétimo game, antes de concretizar a virada e confirmar a classificação para as oitavas de final.

Bublik inicia bem a defesa do título

Atual campeão na grama de Halle, o cazaque Alexander Bublik começou bem sua campanha ao bater o quali australiano Max Purcell pelo placar de 7/6 (7-1) e 6/4. Nas oitavas de final, ele terá pela frente o norte-americano Christopher Eubanks, que bateu o espanhol Pedro Martinez por 6/3 e 6/4. Bublik tenta ser o primeiro jogador a defender um título no torneio alemão desde Roger Federer entre 2013 e 2015. O suíço é o recordista de conquistas por lá, com dez troféus ao todo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE