PLACAR

De Minaur aproveita boa fase e elimina Medvedev

Alex De Minaur em Toronto
Foto: Mike Lawrence/ATP

Toronto (Canadá) – Depois de ter alcançado a final de Los Cabos na semana passada, Alex de Minaur aproveitou seu bom momento no circuito para fazer uma boa campanha também em Toronto. O australiano avançou à sua primeira semifinal de Masters 1000 depois de vencer o número 3 do mundo Daniil Medvedev por 7/6 (7-5) e 7/5 em 2h03 de partida.

Esta foi apenas a segunda vitória para De Minaur em seis jogos contra Medvedev no circuito. E aos 24 anos, o atual 18º do ranking marcou sua 13ª vitória contra top 10 na carreira e a segunda nesta semana. Ele já havia derrotado o norte-americano Taylor Fritz, nono do ranking, na segunda rodada.

De Minaur enfrentará na semifinal o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, 37º do ranking e vindo de vitórias expressivas sobre Casper Ruud e Alexander Zverev em Toronto. Além disso, o espanhol lidera o histórico de confrontos por 2 a 1. O duelo mais recente foi na grama de Queen’s, no ano passado.

Jogador muito rápido do fundo do fundo de quadra e consistente defesivamente, De Minaur precisou mostrar poder de reação nos dois sets da partida desta sexta-feira. Ele chegou a estar perdendo a primeira parcial por 5/2, buscou o empate, e ainda teve que virar também o tiebreak. Medvedev chegou a ter 5-1 e três set-points, mas o australiano sobreviveu e aproveitou a única chance de fechar.

Já no segundo set, Medvedev esteve por duas vezes com quebra acima, liderando por 2/0 e depois por 4/2. Em ambos os casos, De Minaur conseguiu igualar a disputa. Já quando o australiano vencia por 6/5, ele voltou a colocar pressão sobre o segundo serviço do russo e chegou a dois match-points. Na primeira chance, errou uma devolução. Mas depois, contou com uma dupla falta do rival para fechar a partida. Medvedev fez mais winners, 22 a 20, mas cometeu 44 erros contra 32 do australiano.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE