PLACAR

Davis: Itália bate sérvios na dupla e tenta bi após 47 anos

Foto: ITF/Getty Images

Málaga (Espanha) – Sob o comando do jovem Jannik Sinner, o tênis italiano pode enfim conquistar o bicampeonato da Copa Davis 47 anos depois do título isolado de 1976. Depois de derrotar Novak Djokovic nas simples salvando três match-points, Sinner obteve outra vitória sobre o número 1 do mundo na partida decisiva de duplas. Ao lado de Lorenzo Sonego, superaram Nole e Miomir Kecmanovic, com parciais de 6/3 e 6/4.

Itália e Austrália irão decidir a partir das 12 horas de domingo o título. Os australianos são os segundos maiores colecionadores de troféus de Davis, com 28, mas não conquistam a competição desde 2003. Este será o 13º confronto entre os dois países, com vantagem de oito vitórias para a Austrália.

Desde seu título de 1976, frente o Chile e com a estrela Adriano Panatta, a fez outras seis finais, mas perdeu todas. A mais recente foi em 1998, superada pela Suécia. Sinner e Lorenzo Musetti, prováveis titulares contra Alex de Minaur e Alex Popyrin, sequer eram nascidos então.

Partida nervosa

O sábado começou com virada de Kecmanovic em cima de Musetti e com grande chance de Djokovic concretizar a classificação, já que teve três match-points no terceiro set contra Sinner antes de espetacular reação do número 4 do ranking. Contra os britânicos, a Sérvia não precisou jogar a dupla e então a formação foi improvisada entre Djokovic e Kecmanovic. Os dois tentaram focar nas trocas mais ao fundo, porém Kecmanovic cometia erros em momentos cruciais.

Os italianos por sua vez havia vencido a Holanda nas quartas de final, dois dias atrás, e pareciam mais entrosados e eficientes junto à rede. Além disso, Sinner ganhou confiança, sacou muito bem a maior parte do tempo, além de disparar golpes muitos pesados com seu forehand.

O primeiro set viu Kecmanovic aparentemente tenso, mas ainda assim a única quebra aconteceu no sétimo game, quando ele cometeu erro ao tentar cruzar para o voleio. Veio em seguida um game longo, mas o dueto permaneceu firme até finalizar.

A outra série viu de tudo. A dupla italiana quebrou para 2/1, mas imediatamente cedeu o empate com falhas de Sonego junto à rede. Isso se repetiria num longo sexto game, em que a Sérvia teve quatro chances de quebrar Sinner e não conseguiu. Imediamente, o serviço menos potente de Kecmanovic permitiu aos adversários entrar em muitos pontos e a quebra acabou vindo pouco depois de um lance de pouca sorte, em que a bola de Kecmanovic tocou a fita e foi para a fora.

12 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Marcos
Marcos
7 meses atrás

Vai apanhar o dia todinho é?

Paulo Almeida
Paulo Almeida
7 meses atrás
Responder para  Marcos

É essa a alegria da freguesada?

Giba
Giba
7 meses atrás

Muito bacana esse resultado. Premia o ótimo trabalho que a federação italiana vem fazendo há alguns anos. Não é por acaso o surgimento de tantos tenistas de ponta como Sinner, Berretini, Musetti e Sonego

FERNANDO/MG
FERNANDO/MG
7 meses atrás

Outro recorde para o “incansável” sérvio… Perder duas vezes seguidas no mesmo dia para um único tenista, rs.

Paulo Almeida
Paulo Almeida
7 meses atrás
Responder para  FERNANDO/MG

Tá doendo muito, viúva?

Nei Costa
Nei Costa
7 meses atrás

Parabéns a Itália e, especialmente, a Sinner. O garoto tem tudo pra chegar no topo e não se importou de ter sido chamado até de “burro” por ter classificado Djokovic no finals com a vitória sobre Rune. A Djokovic, pelo esforço e patriotismo comoventes, sinceros parabéns., a admiração por esse herói só aumenta. Semi final emocionante como a muito tempo não se via na Davis.

Última edição 7 meses atrás by Nei Costa
Paulo Almeida
Paulo Almeida
7 meses atrás

40 Masters 1000 ✅️
8° year-end ✅️
400 semanas #1 ✅️
7 ATP Finals ✅️
2 Copas Davis ❌️

Ainda bem que o GOATaço só perdeu o que valia menos nesse fim de ano

FERNANDO/MG
FERNANDO/MG
7 meses atrás
Responder para  Paulo Almeida

Meu Deus o português já não é muito bom, agora vem de google english…

Paulo Almeida
Paulo Almeida
7 meses atrás
Responder para  FERNANDO/MG

Não sabe usar vocativo e vem falar de português e de inglês??!!

Não merecemos outro Valmir, por favor…

FERNANDO/MG
FERNANDO/MG
7 meses atrás
Responder para  Paulo Almeida

8⁰ year-end (sofrível) terraplanista naturalmente…

Paulo Almeida
Paulo Almeida
7 meses atrás
Responder para  FERNANDO/MG

Zzzzzzzzzz

hyrata hykeno abe
7 meses atrás

Vou torcer para a Austrália! Mas a Itália vem forte!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE