PLACAR

Darren Cahill e Simone Vagnozzi são os treinadores do ano

Foto: ATP

Miami (EUA) – A grande temporada de Jannik Sinner, impulsionada pelos excelentes resultados na reta final do ano, não renderam frutos somente para o jogador. Nesta quarta-feira, a ATP anunciou que o australiano Darren Cahill e o italiano Simone Vagnozzi, técnicos do atual número 4 do mundo, foram eleitos os melhores treinadores de 2023.

Contratado em fevereiro de 2022, Vagnozzi já havia revelado no início deste ano que conhecia o potencial do jovem tenista há muito tempo e agora destacou o trabalho feito com o pupilo. “Conheço Jannik desde quando ele tinha 14 anos. Ele jogou contra um dos meus jogadores juvenis, então o vi pela primeira vez lá. É muito bom treiná-lo, porque ele é um cara muito engraçado e tem um caráter muito bom. É fácil treinar o Jannik também porque ele quer melhorar muito e entrar em quadra sempre com um sorriso e tudo mais, então para um treinador é muito bom.”

Cahill, por sua vez, se juntou ao time em junho do ano passado e tem se concentrado em desenvolver o lado mental do italiano. Antes, o treinador já havia trabalhado com dois ex-números 1 do mundo, o compatriota Lleyton Hewitt e o norte-americano Andre Agassi. “Meu papel é mais sobre a experiência e como ajudá-lo mentalmente nesses grandes momentos, e ter certeza de que estamos trabalhando na coisa certa que eventualmente o levará ao lugar que queremos estar”, afirmou.

Darren Cahill e Simone Vagnozzi foram nomeados para o prêmio de Treinador do Ano junto com Craig Boynton (Hubert Hurkacz), o vencedor de 2022 Juan Carlos Ferrero (Carlos Alcaraz), Goran Ivanisevic (Novak Djokovic) e Bryan Shelton (Ben Shelton). Votaram nesta categoria os próprios técnicos do circuito da ATP.

Em 2023, Sinner conquistou seu primeiro título ATP Masters 1000 em Toronto, chegou à decisão do ATP Finals e se tornou o primeiro italiano a terminar uma temporada no top 5 do ranking masculino de simples. O jovem de 22 anos venceu 64 dos 79 jogos que disputou e também alcançou sua primeira semifinal de Grand Slam, em Wimbledon. Ao todo, levantou quatro troféus, além de ter ajudado a Itália na conquista do bicampeonato da Copa Davis, como protagonista.

Eleito como o tenista favorito do público, Sinner também foi indicado para dois prêmios votados pelos atletas: Evolução do Ano e o Prêmio Stefan Edberg de Esportividade. Os vencedores dessas categorias serão anunciados ainda esta semana.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Cristiano Tanure
Cristiano Tanure
2 meses atrás

Amigos do TenisBrasil, bom dia.
Posso estar enganado, mas me parece que a pessoa do lado direito do Sinner não é o Cahill não…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE