PLACAR

Danielzinho fura o quali, Alves perde mas entra de lucky-loser

Daniel Dutra da Silva (Foto: João Pires)

Augsburg (Alemanha) – O veterano paulista Daniel Silva conseguiu passar pelo qualificatório do challenger de Augsburg e garantiu um lugar na chave principal do torneio disputado no saibro e com premiação de 36.900 euros. Nesta segunda-feira, ele venceu na última rodada do quali, batendo o tenista da casa Luca Wiedenmann em sets diretos, com parciais de 6/2 e 7/6 (7-3).

Também esteve em quadra buscando um lugar na chave principal o paulista Mateus Alves, que acabou superado pelo eslovaco Norbert Gombos de virada, com o placar final de 3/6, 6/2 e 6/1. Porém, ele acabou se beneficiando com as desistência de última hora do tenista da casa Marvin Moeller, que seria o cabeça de chave 7, e entrou de lucky-loser na competição.

A sorte de conseguir um lugar na chave principal mesmo perdendo na última do quali contrastou com o azar no sorteio, que colocou Alves frente a frente com o argentino Andrea Collarini, segundo mais bem cotado ao título na competição. Será a primeira vez que o paulista de 23 anos e atual 429 do mundo enfrentará o 296º colocado no ranking da ATP.

Por sua vez, Danielzinho pegou uma estreia bem mais acessível e iniciará sua campanha na chave principal contra outro tenista vindo do quali. Ele vai encarar o alemão Diego Dedura-Palomero, de apenas 16 anos, que ocupa atualmente a modesta 1.587ª posição na ATP. O veterano de 35 anos ainda se deu bem na sequência e só pode cruzar com um cabeça de chave nas quartas.

Orlandinho desiste na Macedônia

Único brasileiro no challenger de Skopje, o gaúcho Orlando Luz acabou desistindo logo em sua estreia. Ele batalhou por 3h10 contra o polonês Maks Kasnikowski, quinto pré-classificado na competição e se retirou por lesão na perna esquerda, quando perdia com o placar de 6/7 (5-7), 7/6 (11-9) e 4/2.

O algoz de Orlandinho no saibro macedônio terá pela frente o vencedor da partida entre o austríaco Neil Oberleitner, vindo do quali, e o convidado esloveno Bor Artnak. O gaúcho tenta se recuperar para a estreia nas duplas, ao lado do grego Petros Tsitsipas. Eles enfrentarão o taiwanês Ray Ho e o australiano Calum Puttergill.

Schiessl vence na Eslovênia, Gutierrez joga terça

O paranaense de 19 anos João Schiessl estreou com vitória no ITF M15 de Celje, em quadras de saibro na Eslovênia. Cabeça 7 do torneio e 805º do ranking, ele venceu o convidado local Jan Dimitrijevic por duplo 6/3. Seu próximo rival virá do jogo entre o alemão Noah Schlagenhauf e o belga Emilien Demanet. O gaúcho Oscar Gutierrez é outro brasileiro na chave e estreia na terça-feira contra o belga Jack Loge.

10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Kario
Kario
25 dias atrás

Luz tb teve 5 match points e quebrou raquete?

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  Kario

tá ligado no lance, não é um moleque mimizento e estouradinho.

Bruno
Bruno
25 dias atrás
Responder para  Kario

Teve uns no TB do segundo… mas tava bem parelho o jogo. Se tivesse fechado no 2º não tinha sentido a perna no terceiro.
Já sobre quebrar raquete, tenho que dizer que fiquei triste com ele. TInha horas que baixava a chiliquenta no Orlando… e claro, se perdia.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
24 dias atrás
Responder para  Bruno

Sacou para o jogo,fez 40/15 e não fechou

LuizStipp92
LuizStipp92
25 dias atrás

Pensei que o Luz ia engrenar depois de vencer o Monteiro duas vezes. Mas aconteceu o contrário, derrota em cima de derrota. Uma pena!

Blumenau
Blumenau
25 dias atrás
Responder para  LuizStipp92

Eu também pensei, mas acho que ele está um pouco acima do peso e isto atrapalha muito, tem que melhorar a alimentação e exercícios. Se você notar ele está com uma mochila na frente e não é nem mesmo uma pochete.

Scott
Scott
25 dias atrás

Vamos ver se os nossos “inhos” vão longe ou se continuarão com campanhazinhas. Boa sorte aos viajantes.

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
24 dias atrás

Mais um jogo que parecia bom pro Luz surpreender um favorito, de repente tudo desanda. Ta difícil. Na Alemanha, Dutra Silva vai pegar um infanto juvenil. A não ser que o garoto seja um talento precoce, deve levar fácil. Mateus Alves é zebra contra o Collarini.

Felipe Pires
Felipe Pires
24 dias atrás
Responder para  Guilherme do ES Ribeiro

O garoto ganhou do cabeça 1 do qualy. Tem que entrar ligado no jogo.

Carlos Carcamino
Carlos Carcamino
24 dias atrás

O Gutierrez “Perde Todas” não desiste, taí um cara de fibra a teimosia impera.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE