PLACAR

Daniel Silva vence a primeira em challenger na Argentina

Daniel Dutra da Silva (Foto: Rafael Falcão)

Tucuman (Argentina) – Em rodada com três brasileiros em quadra, o experiente paulista Daniel Dutra da Silva estreou com vitória no challenger de Tucuman, em quadras de saibro na Argentina. Daniel, de 35 anos e 474º do ranking, superou nesta segunda-feira o jovem boliviano de 19 anos e 482º colocado Juan Carlos Prado Angelo por 6/3 e 6/4 em 1h25 de partida. O torneio distribui US$ 41 mil, com 50 pontos na ATP ao campeão.

Esta foi a terceira vitória de Daniel Silva em chaves principais de challenger na temporada, mas ele tem outras 10 vitórias no ano em competições da ITF, com um título no M25 de Maceió no final de março. Ele soma 4 pontos na ATP pela vitória na estreia. Seu próximo adversário em turco Ergi Kirkin, cabeça 4 do torneio e 302º do ranking.

Ainda nesta segunda-feira, o pernambucano de 33 anos José Pereira, 594º do ranking, foi superado pelo argentino Genaro Olivieri, principal cabeça de chave e 194º do mundo, por 6/3, 3/6 e 6/3. Já o paulista Igor Gimenez, 674º, caiu diante do cabeça 5 local Hernan Casanova, 384º do ranking, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/2.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Bruno Fernandez fura o quali
Pela rodada final do quali, o catarinense Bruno Fernandez venceu o argentino Ezequiel Monferrer por 7/5 e 6/4. Fernandez, de 19 anos e 1.185º do ranking, enfrrenta o convidado local Bautista Vilicich, 747º colocado. Fernadez recebe 3 pontos pelas duas vitórias no quali. Já o também catarinense Mateo Reyes caiu diante do argentino Nikos Lehmann por duplo 6/2.

Outro brasileiro na chave principal é o catarinense Pedro Boscardin, de 21 anos e 456º do ranking. Ele estreia nesta terça-feira contra o anfitrião Valerio Aboian, sétimo cabeça de chave e 431º colocado.

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Bruno entrou como alternate e aproveitou bem a desistência do Sakamoto, salvo engano, foi a primeira vez q furou um Qualy de CHL, jovem ainda, a ver oq consegue na chave principal..

Reyes decepcionou ao n furar esse Qualy, Teliano e Gimenez com derrotas esperadas, Rogerinho venceu com autoridade o promissor boliviano, a ver como se sai contra o cabeça n°4 nas OF.

Qnt ao Boscardim, pela fase atual, ficarei muito surpreso se n cair com um 2×0 sem maiores dramas..

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Parabéns Daniel, na torcida pelos Brazucas sempre.

Gert
Gert
1 mês atrás

Impressionante o aproveitamento do Danielzinho contra as jovens promessas sulamericanas. Ele sempre vence.

F.F.
F.F.
1 mês atrás

Q torneio fraco. Nem Future é tão fraco assim.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE