PLACAR

Copa Davis: Brasil faz primeiro treino para enfrentar a Suécia

João Fonseca (André Gemmer/CBT)

Helsingborg (Suécia) – O Brasil realizou, nesta terça-feira, os primeiros treinos para o confronto contra a Suécia pelo Qualificatório Mundial da Copa Davis, que acontece na próxima sexta e sábado em Helsinborg, na Suécia. A equipe, capitaneada por Jaime Oncins, já está completa, com Thiago Monteiro, Felipe Meligeni, Gustavo Heide, João Fonseca e Rafael Matos e mais os juvenis Nicolas Oliveira e Gustavo Almeida.

Para Oncins, o primeiro dia de treino é sempre muito importante, principalmente por causa da adaptação. “O grupo está completo e, mesmo chegando de viagem, já mostrou uma intensidade ótima no treino. Tenho certeza que até o dia do confronto todo mundo estará bem preparado.”

Para a equipe, as condições estão bem parecidas com o último confronto contra a Dinamarca (em que o Brasil venceu por 3 a 1): quadra dura coberta e lenta. “Primeiro dia super positivo, a quadra está lenta e todo mundo se preparando muito bem”, afirmou Monteiro. “Feliz em estar representando o Brasil em mais uma Copa Davis, principalmente num confronto tão importante quanto esse, que vale vaga para o Grupo Mundial. Foram anos de trabalho até chegar a esse momento e que a gente possa alcançar esse sonho. Vamos dar o máximo nesse confronto para atingirmos o nosso objetivo”, completou ele.

Estreante na equipe, o carioca João Fonseca, de 17 anos, está curtindo a sua primeira convocação oficial. “Estou muito feliz em fazer parte disso tudo. Esse time tem uma união incrível, nós temos um espírito de equipe muito forte e isso é o nosso ponto mais forte. Estou muito confiante em voltar ao Grupo Mundial depois de tanto tempo”, contou.

O confronto terá dois jogos de simples na sexta-feira (2), com início marcado para às 13h (horário de Brasília). No sábado, a partir das 9h (horário de Brasília), serão realizadas uma partida de duplas e outra de simples. Em caso de empate, ainda será disputada mais uma partida de simples para definir quem avança para a Grupo Mundial.

9 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo
Paulo
5 meses atrás

Time fraquíssimo e depender do Monteiro vai ser dureza. Convocar João Fonseca não faz sentido nesse momento, torneio Challenger no Brasil e mais uma vez o garoto fica de fora, poderia e certamente teria o WC e não gastaria convites do juvenil a q se não me engano tem direito a 8. Vai lá pra EUROPA a essa altura do ano de bate volta só pra ser sparring dos cara. Nada av isso na minha opinião.

Refaelov
Refaelov
5 meses atrás
Responder para  Paulo

Também n achei adequado o momento desse convocação do Fonseca justamente pelos pontos q você colocou..

Qnt ao confronto, temos totais condições de avançar mas, é aquilo, nenhum dos nossos tenistas de simples é garantia de vitória.. E o Monteiro, goste-se ou n, é de longe o mais confiável desse time convocado..

Ricardo
Ricardo
5 meses atrás
Responder para  Paulo

Concordo sobre o menino mas não acho o time fraquíssimo, é o que temos de melhor hoje e tem chances sim de passar. Ai, na próxima fase (se passar), veremos. abs

Rockton
Rockton
5 meses atrás
Responder para  Paulo

Já ouviu falar em “panela”?
Uma coisa eu aprendi nessa vida: tudo, absolutamente, tudo gira em torno de dinheiro e/ou poder.

LuizStipp92
LuizStipp92
5 meses atrás

Wild não foi convocado ou não quis ir?

Paulo
Paulo
5 meses atrás
Responder para  LuizStipp92

Nao sei ao certo mas bem provável q n quis ir. Tá focado no início da temporada ontem tantos pontos a defender. Embalou ano passado mais pra frente

Refaelov
Refaelov
5 meses atrás
Responder para  LuizStipp92

Ele alegou um desconforto no pé. A impressão é q realmente preferiu focar numa boa preparação para essa gira de ATPs no saibro..

Christiano
Christiano
5 meses atrás

Vai ser um confronto duro, apesar das condições do confronto serem as mesmas do confronto contra a Dinamarca, que possui um time mais forte que a Suécia. Felipe Meligeni não vem tão bem assim, mas o E. Ymer vem jogando pior ainda, o Monteiro vem sem ritmo de jogo na quadra dura, mas deve bastar pra jogar contra o Nro. 2 sueco, que são jogadores de future. A dupla sueca é mais forte, vai dar mais trabalho pra definir o confronto….

Ubiratan (Black)
5 meses atrás

É o que temos, sem o Wild, e vamos pra cima!! confiar principalmente no Monteiro, nosso experiente, que pode fazer bons jogos apesar do retorno às disputas só semana passada, mas tá todo mundo recomeçando nas últimas semanas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE