PLACAR

Conforme o esperado, Nadal não vai competir em Wimbledon

Foto: Internazionali BNL d'Italia

Londres (Inglaterra) – No mesmo dia em que teve um convite anunciado no ATP 250 de Bastad, o espanhol Rafael Nadal oficializou sua desistência de Wimbledon. Conforme o esperado, ele irá pular toda a temporada de grama para seguir treinando no saibro com foco nos Jogos Olímpicos de Paris.

Dias após a eliminação na estreia em Roland Garros, o canhoto de Mallorca foi visto treinando no saibro em sua academia. O próprio Nadal havia indicado que dificilmente iria competir na temporada de grama na entrevista coletiva em Paris.

O espanhol foi anunciado como um dos sete representantes de seu país nos Jogos de Paris na última quarta-feira. Ele jogará simples e duplas com Carlos Alcaraz. Completam a equipe: Alejandro Davidovich Fokina, Pablo Carreño, Marcel Granollers, Sara Sorribes e Cristina Bucsa.

Curiosamente, no comunicado divulgado mais cedo pela organização do ATP 250 de Bastad, o diretor do torneio afirmou que Nadal não jogaria em Wimbledon.

“Quando descobri que o Rafa não iria jogar em Wimbledon, que planejava jogar as Olimpíadas, vi uma oportunidade e entrei em contato novamente com o empresário dele. Demorou apenas uma semana de telefonemas e discussões antes de chegarmos à conclusão de que ele e toda a sua equipe estão ansiosos para voltar a Bastad”, disse o diretor Christer Hult.

19 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás

Já era esperado. Djoko tb não deve jogar

Luiz
Luiz
1 mês atrás
Responder para  João Sawao ando

Não somente não deve, como não vai. Lesão de Menisco é pelo menos 1 mês parado…

Leonardo
Leonardo
1 mês atrás

Uma pena, sei que Nadal já está em vias de se aposentar e o corpo ná não aguenta o ritmo de 5 sets como antes. Mas seria bonito ver Nadal jogando seu ultimo Wimbledon. Por outro lado, considerando que em RG, que é seu territorio, perdeu na primeira rodada, talvez melhor deixar como está. Na olimpiada não deve ir longe em simples, mas um titulo de duplas ao lado de Alcaraz seria um bom gancho para aposentar dali mesmo.

Dominique DeCoco
Dominique DeCoco
1 mês atrás
Responder para  Leonardo

Honestamente, nunca achei Nadal essas coisas todas no saibro, oq aconteceu é q o saibro acabou sendo deixado de lado por vários jogadores, e ele aproveitou essa lacuna, mas agora que o saibro passou a ser a “moda” da vez, nem da primeira rodada ele passou

Crispa
Crispa
1 mês atrás
Responder para  Dominique DeCoco

É sério isso…a coisa mais maluca que já li sobre tênis

Luiz
Luiz
1 mês atrás
Responder para  Crispa

Assino embaixo, nunca vi tanta bobagem em poucas linhas hahaha

Ana
Ana
1 mês atrás
Responder para  Crispa

Não deve ser sério.

Federer eterno GOAT
Federer eterno GOAT
1 mês atrás
Responder para  Dominique DeCoco

perfeita análise. Sempre tive essa percepção, também

Thiago Barbosa
Thiago Barbosa
1 mês atrás
Responder para  Dominique DeCoco

Viajou legal kk

Carlos Alberto Ribeiro da Silv
Carlos Alberto Ribeiro da Silv
1 mês atrás
Responder para  Dominique DeCoco

É que, na verdade, a profissão principal do Nadal é ator e não tenista. Os títulos dele no saibro foram todos encenação, 14 Roland Garros, 12 ATP 500 de Barcelona e 11 Master 1000 de Monte Carlo.

Rogério
Rogério
1 mês atrás

Já era esperado. Agora só faltam 4 desistências para o Fonseca entrar no quali de WB. Contagem regressiva…

Rodrigo Lightman
Rodrigo Lightman
1 mês atrás

Mas ele não aposentou?

João Sawao ando
João Sawao ando
1 mês atrás
Responder para  Rodrigo Lightman

Vai apresentar ano que vem em Roland garros

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  João Sawao ando

vai apresentar ???….apresentar o que ?

Osvaldo
Osvaldo
1 mês atrás

isso aí, Nadal ! vamo guardar todas as energias para o último caneco em RG em 2025 ! Vc vai voltar mais forte do que nunca ! rumo ao 15º RG !
#rumoaos25slams #euacredito

Lee
Lee
1 mês atrás

Ainda bem que ele desistiu pois provavelmente ele ia cair na primeira rodada. Não tem como ele competir na grama na atual situação que ele se encontra talvez não ia aquentar uma partida até o fim. No saibro ele não estava conseguindo chegar nos voleio na grama já ia ser impossível. Como é triste ver o Nadal e o Djokovic já se encaminhando para o fim de suas carreiras.

Ana
Ana
1 mês atrás
Responder para  Lee

A maior e melhor rivalidade da história do tênis.

Luis Ricardo
Luis Ricardo
1 mês atrás
Responder para  Lee

“sim” é triste porque podiam e deviam ter se despedido por cima .e não dando vexames tras vexame , manchando suas historias … mas o ego é maior e os cega …

Carlos Alberto Ribeiro da Silv
Carlos Alberto Ribeiro da Silv
1 mês atrás
Responder para  Luis Ricardo

De qualquer forma não apaga a grande história que ele construiu na carreira. O ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher se aposentou no final de 2006 com sete títulos mundiais conquistados, recorde de 91 vitórias, e aí, resolveu retornar para as corridas em 2010, correu de 2010 a 2012 sem ter conquistado um pódio sequer. Ou seja, praticamente passou despercebido pelo circuito de Fórmula 1 nesse último período. Esses últimos três anos não diminuiu o grande legado que ele construiu na carreira, mas mostrou que a decisão de retornar às competições na categoria principal do automobilismo provavelmente foi um erro. Mas eu acho que a decisão de se aposentar é muito particular e a pessoa tem o direito de tentar quantas vezes quiser, como está acontecendo com o Andy Murray por exemplo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE