PLACAR

Com Cahill, Sinner vai se tornando um “amigo da grama”

Foto: Simon Bruty/AELTC

Londres (Inglaterra) – Classificado para as oitavas de final de Wimbledon, Jannik Sinner chegou ao terceiro Grand Slam da temporada motivado por sua primeira conquista na grama, há duas semanas em Halle. E na coletiva de imprensa após a vitória desta sexta-feira sobre o sérvio Miomir Kecmanovic, o número 1 do mundo falou sobre o como o técnico Darren Cahill o ajudou a “fazer amizade com a grama”. O experiente treinador australiano já trabalhou com mais campeões de Wimbledon como Andre Agassi, Lleyton Hewitt e Simona Halep.

“Ele sempre me disse ‘seja gentil com a grama e algo positivo acontecerá’. No começo eu estava lutando muito, mas a cada ano sinto que estou melhorando”, disse Sinner, que foi semifinalista da edição passada em Wimbledon. “Se você não se sente confortável nas quadras de treino, é impossível repetir isso no jogo. Estou trabalhando muito, tentando também ficar mais forte fisicamente. Isso é importante não só para esse evento, mas também para o futuro”.

Sinner precisou de apenas 1h36 para vencer Kecmanovic por 6/1, 6/4 e 6/2. Foi o primeiro jogo em sets diretos para o italiano no torneio, depois de ter passado por Yannick Hanfmann e Matteo Berrettini, ambos em quatro sets. “Fico muito feliz por ter começado bem a partida e fechado em sets diretos. Eu me senti muito melhor em quadra hoje, estou satisfeito com minha performance e espero ter uma boa recuperação”.

Adversário só será conhecido no sábado

O adversário de Sinner nas oitavas só será conhecido neste sábado. Ele espera o vencedor da partida entre o norte-americano Ben Shelton e o canadense Denis Shapovalov, que tiveram o duelo suspenso por chuva quando Shelton liderava o primeiro set por 3/2. A disputa será retomada às 9h (de Brasília) na Quadra Nº 1 e o italiano vai assistir.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

“Um pouco dos dois. Eu gosto de assistir às partidas para visualizar alguns movimentos, mas vai ser um pouco diferente porque são dois canhotos se enfrentando. O mais importante é o que a minha equipe vai me passar a respeito das táticas. Mas certamente vou assistir um pouquinho. É bom para mim”.

Audiência qualificada para o jogo de Alcaraz

O novo líder do ranking também estava na audiência da vitória de seu rival, Carlos Alcaraz, sobre Frances Tiafoe em cinco sets nesta sexta-feira, em jogo com 3h50 de duração. “Foi um dia muito longo na Quadra Central, mas também é uma honra jogar aqui. É um lugar muito especial, talvez o mais especial para jogar tênis. Assisti um pouco hoje, ele subiu o nível no tiebreak do quarto set, jogou alguns pontos melhor no quinto set e definiu o jogo. Foi uma grande partida”.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE