PLACAR

Circuito feminino da ITF terá nova pontuação em 2024

Torneio que Laura Pigossi venceu na Bahia em agosto seria o equivalente a um ITF W75 com a nova nomenclatura (Foto: Luiz Cândido/CBT)

Londres (Inglaterra) – O circuito profissional profissional feminino da Federação Internacional, responsável pelos torneios de menor porte para as mulheres, terá mudanças no sistema de pontuação a partir de 2024. Serão cinco níveis de eventos da ITF, e não mais seis como é atualmente. As premiações estão mantidas. Essas mudanças seguem uma recomendação da WTA, que planeja aumentar o número de torneios da ITF e também de sua série 125.

Os torneios de US$ 15 mil darão mais pontos para as campeãs, saindo dos atuais 10 para 15 pontos. Em contrapartida, os torneios de US$ 25 mil passam a se chamar W35, com 35 pontos para as campeãs, em vez dos atuais 50 pontos. Já os atuais eventos de US$ 40 mil serão W50, com 50 pontos para as campeãs.

As competições ITF W80 foram extintas do circuito, por ser uma categoria com pouquíssimos eventos no ano. No lugar, os ITF W60 subiram para W75 com 75 pontos para as campeãs e premiação de US$ 60 mil. Já os ITF W100 passam a dar 100 pontos às campeãs, e não mais 140.

Haverá mudança de pontuação também nos torneios da série 125 da WTA. Atualmente, as campeãs recebem 160 pontos. A partir do ano que vem, serão 125 no total.

Torneio que Pigossi venceu na Bahia é um dos que seriam afetados por mudança
Para exemplificar o novo modelo, o ITF W60 de Feira de Santana, vencido pela brasileira Laura Pigossi em agosto, serve como modelo. Em 2023, a paulistana recebeu 80 pontos pelo título. A partir do ano que vem, um evento desse mesmo nível seria um ITF W75 com 75 pontos para a campeã.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE