PLACAR

Cé e Carol param nas oitavas, Rebeca faz semi de duplas

Rebeca Pereira (Foto: Luiz Cândido/CBT)

Florianópolis (SC) – Chegou ao fim a participação brasileira na chave de simples do ITF W75 de Florianópolis. Últimas remanescentes do país no torneio disputado nas quadras de saibro do Lagoa Iate Clube (LIC), a gaúcha Gabriela Cé e a paulista Carolina Meligeni Alves se despediram nas oitavas de final.

Primeira a entrar em quadra nesta quarta-feira, Cé lutou por 2h37, mas não resistiu à italiana Miriana Tona, 340ª colocada na WTA, que levou a melhor por 6/2, 4/6 e 6/2. A europeia de 29 anos será justamente a adversária da cipriota Raluca Serban, responsável pela eliminação de Carol Meligeni, que foi amplamente dominada e acabou levando um duplo 6/2 em 1h33 de partida.

Com a vitória conquistada na primeira rodada, Cé somará oito pontos (considerando o único ponto que tem a descartar na próxima semana) e poderá dar um salto de até 20 lugares. Atualmente ela ocupa a 449ª posição. Já Carol, mesmo tendo conseguido avançar uma fase na capital catarinense, sofrerá uma acentuada queda, já que defendia mais de 50 pontos nesta semana. Com isso, ela está deixando o 305º posto e deve parar por volta da 343ª colocação.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Rebeca faz semi nas duplas
Se, na chave de simples, o Brasil está fora da disputa, no torneio de duplas há uma representante nacional garantida nas semifinais. Jogando ao lado da sérvia Katarina Jokic, a fluminense Rebeca Pereira conseguiu uma emocionante virada contra a peruana Romina Ccuno e a australiana Kaylah Mcphee, cabeças 3 da competição, com parciais de 5/7, 6/2 e 15-13 em 1h45 de jogo.

Elas aguardam agora pelas vencedoras do duelo entre a romena Oana Gavrila e a ucraniana Valeriya Strakhova, principais favoritas do torneio, e parceria norte-americana de Jaeda Daniel e Madison Sieg. Do outro lado da chave, disputam uma vaga na final as russas cabeça 2 Maria Kononova e Maria Kozyreva e o dueto da francesa Amandine Hesse com a também russa Ekaterina Makarova.

Brasileiras caem na Tunísia
Já no saibro tunisiano, o tênis nacional sofreu duas derrotas na estreia do W15 de Monastir. Olívia Carneiro caiu para a indiana Tanisha Kashyap por 6/2 e 6/4, enquanto Luana Plaza caiu para a francesa Nina Radovanovic com um duplo 6/2.

6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jorge Luiz
12 dias atrás

Complicado nosso tênis feminino, Bia e Pigossi as exceções, tá vindo uma safra boa que estão no juvenil

Lucas Miranda Faria
12 dias atrás

Valeu, Rebequinha!!!!!

Paulo Jamelli Lara
Paulo Jamelli Lara
12 dias atrás

é triste demais esses torneios. tadinha da Cézinha. Carolzinha também. força guerreiras. descansem e em breve tem mais batalhas.

Sergio
Sergio
12 dias atrás

Que tristeza. Essas meninas não conseguem vencer duas partidas seguidas. Sofrível, lamentável.

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
12 dias atrás

Temos que ser realistas. Na torcida pelas nossas guerreiras no feminino, mas cada uma se firmando no seu nível, Bia no top 20, Pigossi no 150, Carol e Cé no 350/300 , as outras no 600 ou maior, uma pena. Esperar Nauhani e outras. Ahh nas duplas ainda temos a Stefani e a Ingrid.

F.F.
F.F.
12 dias atrás

W75 é muito para essas meninas
Rodrigues e Cé no máximo W25 com muita boa vontade

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE