PLACAR

Carol Meligeni muda equipe e vai treinar na Argentina

Foto: Luiz Cândido/CBT

Campinas (SP) – Após quatro anos treinando na academia em Itajaí, Carolina Meligeni Alves inicia um novo ciclo a partir desta semana. A atual número 3 do Brasil e 393ª no ranking da WTA irá treinar em Buenos Aires, na Argentina, com o técnico Hernán Gumy, ex-top 40 na ATP.

“Hoje se encerra um ciclo de mais de quatro anos de trabalho, de muito aprendizado, cumplicidade, confiança, vitórias, derrotas. Mas que, principalmente, além de melhor jogadora e melhor pessoa, me trouxe momentos e memórias muito felizes”, disse Carol Meligeni, que vinha treinando na academia ADK Tennis.

“Agradeço ao Patricio Arnold por ter aberto as portas da academia para mim e colocado todo o time à minha disposição. Eles me ajudaram muito. Um agradecimento especial ao meu treinador, Luiz Peniza. A nossa trajetória foi linda e tenho muito orgulho de todo o trabalho e tudo o que conquistamos juntos”, continuou a jogadora de 28 anos.

A campineira diz que as mudanças trazem evolução pessoal e amadurecimento. Ela inicia um período de treinos nesta segunda-feira para então definir seu calendário com a nova equipe. “Vou com o coração apertado em deixar um lugar que amo e respeito muito, mas levo comigo todos os aprendizados e memórias que construímos juntos”.

9 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Maroc Ponti
Maroc Ponti
22 dias atrás

O Guga deu o exemplo: técnico brasileiro e treinando no Brasil. E se tornou número 1 do mundo.

Oscar Riote
Oscar Riote
21 dias atrás
Responder para  Maroc Ponti

E quantos Gugas ou proximo dele criamos?

PRGF
PRGF
21 dias atrás
Responder para  Maroc Ponti

Cara…
Absurda qualquer comparação com o Guga…
O Guga é único!!!
Demos sorte dele vir ao mundo brasileiro rsrs…

E se não estou me confundindo…O próprio Guga teve o Gumy de treinador…
Acho valida a tentativa de mudança…
Boa sorte e sucesso Carol!!

Gustavo
Gustavo
22 dias atrás

Agora vai

Blumenau
22 dias atrás

É isso aí, ter coragem para trocar a comissão técnica quando não se atinge os objetivos ou quando as coisas estão fora de sintonia. Um exemplo pra Bia.

Paulo A.
Paulo A.
22 dias atrás
Responder para  Blumenau

Bia já deixou bem claro que segue com sua equipe e não pretende mudá-la, ganhando ou perdendo. Até porque o problema dela é só mental. Então vamos torcer – muito!

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
21 dias atrás
Responder para  Paulo A.

Muitos trocam, vide o próprio Djokovick este ano. Mudar pensando em melhorar é sempre positivo. No alto rendimento em qualquer esporte e até outras profissões e vida pessoal, não existe espaço para teimosia, que é tb um problema mental.

Rockton
Rockton
21 dias atrás
Responder para  Paulo A.

Ela não tem problema nenhum. Ela só não é um novo Guga. É uma boa jogadora que teve bons resultados nos últimos 2 anos. Agora está tendo os resultados que teve na maior parte da carreira dela. A tendência é voltar a ter um ranking que espelhe o nível de tenis que está jogando.

Eduardo
Eduardo
21 dias atrás

Carol vem em curva descendente na carreira, vai tentar novos ares e está corretíssima quanto a isso. Mostra que não está acomodada, vai buscar motivação e novos métodos de treino.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE