PLACAR

Campeã em 2022, Jabeur supera difícil estreia em Madri

Foto: Mutua Madrid Open

Madri (Espanha) – Campeã do WTA 1000 de Madri em 2022, Ons Jabeur estreou com uma vitória difícil no torneio em quadras de saibro na Espanha. A tunisiana precisou de três sets e 2h28 para superar a eslovaca Anna Karolina Schmiedlova, 68ª do ranking, com parciais de 6/4, 5/7 e 6/3.

Esta foi apenas a quarta vitória na temporada para Jabeur e a segunda no saibro. Na semana passada, em Stuttgart, ela encerrou uma sequência de cinco derrotas consecutivas. A jogadora de 29 anos e atual número 9 do mundo vem lidando com uma lesão no joelho e acredita que o saibro, por oferecer menor impacto às articulações, o que dá confiança para bons resultados no piso.

Depois de ter vencido o primeiro set com duas quebras, Jabeur chegou a liderar a segunda parcial por 5/3, mas perdeu um match-point quando sacava para o jogo e permitiu a reação à rival, que terminou o set vencendo quatro games seguidos. A tunisiana, entretanto, teve um início arrasador no terceiro set e saiu vencendo por 3/0 e saque, com 12 pontos em 13 possíveis. Mesmo perdendo uma das quebras de vantagem, esteve o tempo todo à frente no placar e venceu o jogo.

A adversária de Jabeur na terceira rodada em Madri será a canadense de 21 anos Leylah Fernandez, 28ª do ranking, que venceu a russa Anastasia Potapova por 7/5 e 6/3. A tunisiana venceu os dois duelos anteriores contra Fernandez, ambos definidos no terceiro set. O último encontro entre elas foi em 2021, na grama de Birmingham.

Stephens vence a sétima seguida e enfrenta Sakkari

Campeã do WTA 250 de Rouen no último domingo, a norte-americana Sloane Stephens marcou sua sétima vitória seguida no saibro. A experiente jogadora de 31 anos e agora 33ª do ranking bateu a belga Elise Mertens, 29ª colocada, por 3/6, 6/3 e 6/1. Como não foi cabeça de chave em Madri, Stephens atuou em dias consecutivos. Na estreia, a norte-americana ficou em quadra por 3h16 contra a italiana Martina Trevisan.

Depois de dois jogos longos em Madri e dos cinco que venceu no torneio francês da semana passada, Stephens terá mais um jogo duro na próxima rodada do torneio. Ela enfrenta a grega Maria Sakkari, número 6 do mundo. O único duelo anterior foi vencido pela grega, no ano de 2022 em Toronto.

Carlé vence mais uma e desafia Ostapenko

A argentina Maria Lourdes Carlé segue conseguindo bons resultados no saibro de Madri. Depois de furar o quali e de dominar a estreia da chave principal diante da britânica Emma Raducanu, Carlé superou nesta quinta-feira a russa Veronika Kudermetova, 19ª do ranking, por duplo 6/4. Carlé, de 24 anos e 82ª colocada, está com o melhor ranking da carreira e ainda não perdeu sets em Madri. Sua próxima rival é a letã Jelena Ostapenko, número 10 do mundo, que venceu a espanhola Jessica Bouzas por 6/3 e 6/1.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE