PLACAR

Bublik vira a 4ª seguida e fatura o título em Montpellier

Foto: Open Sud de France

Montpellier (França) – A campanha do cazaque Alexander Bublik rumo ao título no ATP 250 de Montpellier não poderia ser mais suada. Embora seja o cabeça de chave 2 na competição, ele saiu perdendo todos os quatro jogos que disputou, inclusive a final deste domingo, batendo o croata Borna Coric de virada, com parciais de 5/7, 6/2 e 6/3.

Este foi o quarto título de Bublik no circuito, o segundo em Montpellier, onde foi campeão também em 2022. As outras duas conquistas foram no ano passado, uma em Halle e a outra na Antuérpia. Com a campanha desta semana, ele fatura 88.125 euros em premiação e ganha quatro posições no ranking, subindo para o 23º lugar na próxima segunda-feira.

O vice-campeão Coric leva para casa uma premiação de 51.400 euros e aproveita o bom desempenho no torneio francês para melhorar seis lugares no ranking e se aproximar do retorno ao top 30, alcançando a 31ª posição na próxima lista da ATP. O croata de 27 anos já foi o 12º do mundo em 2018.

“Eu estive a beira de perder minha partida de estreia e agora estou aqui comemorando o título. Agradeço ao público que me apoiou durante toda a semana”, destacou Bublik no discurso em quadra. Além de Coric, ele também virou para cima do canadense Denis Shapovalov (estreia), do cazaque Alexander Shevchenko (quartas) e do canadense Félix Auger-Aliassime (semi).

Bublik poderia não ter começado mais uma vez perdendo, já que venceu os três primeiros games do set inicial e teve dois break-points para ampliar a vantagem no sexto. Porém, depois disso Coric conseguiu se impor em quadra, devolveu a quebra no sétimo game e no 11º anotou mais uma para fazer então 7/5 e fechar o primeiro set.

Assim como fez nos três jogos anteriores, o cazaque não desistiu e buscou a virada. Na segunda parcial ele foi dominante, não enfrentou break-point e converteu duas das quatro chances de quebra que teve, perdeu duas no segundo game e aproveitou uma no quarto e outra no oitavo e último.

O terceiro e decisivo começou novamente com Bublik na frente, abrindo 3/0 de cara. Diferente do que fez no primeiro, agora ele administrou a vantagem, deixando ainda escapar dois break-points no quinto game e mais dois no sétimo. O cazaque fechou a partida com 66% de aproveitamento de saque e 19 aces, contra 59% de Coric, que anotou apenas cinco aces.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Adriano Veiga
Adriano Veiga
5 meses atrás

Bublik é o cara mais engraçado e bem humorado do tênis atual.
E também é o que parece ter o melhor saque no tênis atual.
Parabéns!
Um cara feliz que tem sempre um sorriso no rosto merece tudo de bom.

rubens
rubens
5 meses atrás

joga demais, não sei porque nunca entrou no top 10

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE