PLACAR

Brasileiros batem favoritos e dominam semifinais

Foto: Marcos Luciani

Itumbiara (Goiás) – Com uma enorme atuação, a jovem dupla de Gustavo Russo, de 21 anos, e Daniel Mola, de 20, eliminou a dupla do campeão do mundo, o italiano Mattia Spoto, e seu compatriota Doriano Beccaccioli, n 2 do ranking mundial, por 7/6 (7/5) e 6/3 e garantiu vaga na semifinal do Marina Rio Club Open, o primeiro evento internacional realizado em Goiás, na cidade de Itumbiara. A competição é do calibre BT 200 com premiação de US$ 15 mil, contando com 500 atletas de 12 países.

Esta é a primeira vez que a dupla joga junta em um torneio internacional. Eles irão disputar os Jogos Mundiais de Praia, o ANOC, em Bali, na Indonésia, em agosto, defendendo o Brasil. “Tive algumas dificuldades no saque, mas tentamos compensar com outros golpes e na comunicação com o Daniel. Estamos construindo uma dupla agora, após a convocação para a seleção do capitão Alex Mingozzi, batemos um pouco de cabeça, mas estamos indo na base da comunicação”, disse Russo, 18º do mundo, baseado em Sorocaba (SP). “Eles são grandes jogadores, ídolos do esporte. Estou muito feliz com a vitória. Agradeço a parceria com o Gustavo, estamos evoluindo no torneio e vamos seguir”, apontou Mola, 16º do mundo.

Na semifinal eles vão enfrentar o irmão de Gustavo, Hugo Russo, e Gabriel Santos, que derrotaram os cabeças de chave 4, o letão Maksimilians Andersons e o francês Mathieu Guegano, por 7/6 (11/9), 4/6 e 10-8. “Jogamos contra uma das melhores duplas do mundo. Para mim, esse tipo de jogo é sempre definido no detalhe. Queria ressaltar meu parceiro por se manter firme e me manter firme junto, foi gigante. É uma conquista pessoal e em dupla, importante para ganharmos confiança”, disse Hugo.

Gabriel Santos ressaltou a semifinal entre amigos e família. “Semifinal caseira, pois as duplas se conhecem, será um jogo muito estratégico, de mental.” Hugo apontou como prevê o encontro com o irmão: “Estava torcendo muito pelo Gustavo, queria cruzar contra ele, é meu irmão, estou muito feliz pelo Dani Mola também. Teremos um Russo na final, estou muito feliz de enfrentá-lo, mas dentro de quadra é deixar isso de lado e os dois vão querer ganhar.”

A outra semifinal terá mais três brasileiros. Os santistas Allan Oliveira e Thales Santos, cabeças 3, superaram os italianos Diego Bolletinari e Marco Faccini, sétima melhor dupla do evento, de virada por 5/7, 6/2 e 10-7 e vão enfrentar a parceria do paulista Leonardo Branco e do francês Theo Irigaray, que desbancou Felipe Loch e Matheus Belo, algozes dos principais favoritos Antomi Ramos e André Baran, por 6/3 e 6/4.

“Foi um jogo muito difícil, as duas duplas queriam muito ganhar. Torneio importante, então essas coisas acontecem, um erro pra cá, outro para lá, mas conseguimos manter a calma e vencemos o segundo set e o super tie-break”, disse Thales, tricampeão mundial pelo Brasil. Allan analisou a semifinal: “Com certeza mais um jogo duro, correria. É entrar focado. Vamos conversar sobre esse jogo, ajustar o que precisa ser ajustado o mais rápido possível. Vamos jogar alegres, desfrutar esse momento.”

No feminino, as italianas dominaram as semifinais. A brasileira Lorena Melo e a italiana Giulia Trippa salvaram match-points para bater Joana Cortez e Raquel Iotte por 6/4, 2/6 e 11-9. Elas encaram as favoritas Flaminia Daina e Nicole Nobile. A outra semi será entre as cabeças 2, Sofia Cimatti e a espanhola Eva Palos, que enfrentam as italianas Veronica Casadei e Greta Giusti.

As semis estão programadas para as 11h no feminino e 13h no masculino. As finais marcadas para 15h no feminino e 17h no masculino, com transmissão do canal PlayBT no Youtube.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE