PLACAR

Bopanna se torna o campeão mais velho de Masters aos 44

Foto: ATP Tour

Miami (EUA) – O indiano Rohan Bopanna voltou a fazer história neste sábado, ao conquistar o título de duplas do Masters 1000 de Miami e se tornar o campeão mais velho em torneios deste porte, aos 44 anos. Bopanna e o australiano Matthew Ebden venceram na final deste sábado o croata Ivan Dodig e o norte-americano Austin Krajicek por 6/7 (3-7), 6/3 e 10-6.

Este é o quarto título da parceria entre Bopanna e Ebden. Eles foram campeões em Doha e Indian Wells no ano passado e também do Australian Open no início da temporada. O resultado também faz com que eles reassumam as duas primeiras posições no ranking da ATP, com o indiano em primeiro e o australiano em segundo. Krajicek, que estava na liderança, cai para o terceiro lugar.

A conquista em Miami é a 26ª de Bopanna no circuito da ATP, sendo a quinta em torneios de nível 1000. É a primeira vez que o experiente indiano vence a competição. Até então, seu melhor resultado era a semifinal de 2012, ao lado do compatriota Mahesh Bhupathi. Já o parceiro Ebden, de 36 anos, tem agora 11 títulos na carreira e chega ao segundo Masters 1000.

O primeiro set da final de duplas em Miami teve uma quebra para cada lado, ambas conquistadas já no fim da parcial. Bopanna e Ebden sacaram para fechar quando lideravam por 6/5 e tiveram dois set-points, mas permitiram a reação dos rivais, que devolveram a quebra e venceram a parcial no tiebreak.

Os campeões do Australian Open reagiram no início da segunda parcial. Eles conseguiram uma quebra logo cedo, abriram 3/0 e só enfrentaram um break-point. O bom desempenho de Bopanna e Ebden no saque também foi determinante durante o match-tiebreak, e eles também conseguiram quatro pontos nas devoluções para consolidar a vitória de virada.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Osvaldo
Osvaldo
3 meses atrás

tênis de duplas é mesmo uma várzea…

Eduardo
Eduardo
3 meses atrás
Responder para  Osvaldo

E duplas mistas? kkkkkkkk

Maurício Luís *
Maurício Luís *
3 meses atrás

Muito bom ver o indiano jogando em alto nível aos 44, um recorde. O jogo de duplas é importante pra incentivar tenistas mais idosos a desafiarem seus limites, integrarem-se socialmente e se manterem saudáveis.

Evandro
Evandro
3 meses atrás

É um cara de bem com a vida… Talvez, o sucesso persiga essas pessoas. Mas, antes de mais nada, não se pode desistir. Ninguém dava muito pelo Bopanna. Saiu de cena o Leander Paes e entrou o expresso paquistanês e nada de falarem dele. Detalhe: não precisa de muita musculação para ser número 1. Habilidade e resistência, sim! Parabéns!!!

Última edição 3 meses atrás by Evandro
SANDRO
SANDRO
3 meses atrás

Com duplas de nacionalidades diferentes representando bandeiras diferentes e com tenistas saindo do asilo ganhando torneios, cada vez mais o circuito de duplas terá menos público…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE