PLACAR

Boa campanha em IW não impede queda de Wild no ranking

Foto: Profimedia

Londres (Inglaterra) – Apesar das quatro vitórias no Masters 1000 de Indian Wells, duas no qualificatório e mais duas na chave principal, uma delas sobre o cabeça de chave 15 Karen Khachanov, o paranaense Thiago Wild não evitou queda no ranking desta segunda-feira. O número 1 do Brasil perdeu 11 posições na lista da ATP e agora ocupa o 76º lugar.

O paranaense pode se recuperar na disputa do Masters 1000 de Miami, onde estreia no quali já nesta segunda, contra o bósnio Damir Dzumhur. Além dele, também estarão na disputa o cearense Thiago Monteiro e o paulista Felipe Meligeni, que seguiram direções opostas no ranking.

Segundo melhor do país na atualidade, Monteiro ganhou três posições e se aproximou um pouco mais a volta ao top 100, subindo para a 110ª colocação. Em contrapartida, Meligeni perdeu dois lugares e agora é o 134º do mundo. Ambos podem sonhar com melhores colocações caso consigam vitórias no torneio disputado na Flórida.

Logo abaixo, o paulista Gustavo Heide aproveitou a grande campanha no challenger de Santiago, onde foi semifinalista, para alcançar a melhor marca da carreira no ranking. O tenista de 22 anos ganhou 15 posições e agora é o 225º do mundo.

O paulista Matheus Pucinelli voltou ao top 300 após melhorar nove lugares na ATP, indo para o 295º posto. Quem quase fez o mesmo foi o também paulista Pedro Sakamoto, que disparou 27 posições e por pouco não ficou entre os 300 da ATP, atingindo a 309ª colocação. Já o pernambucano João Lucas Reis amargou queda de 12 lugares e foi parar no 324º posto.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Refaelov
Refaelov
30 dias atrás

A expectativa inicial após a gira de saibro sudaca era o Wild terminar fora do Top 90 após Miami, só com a campanha em IW já garantiu ao menos um top 80 para iniciar a gira de saibro no verão europeu.. vamos ver se mantém o embalo em Miami, seria importante outra boa campanha afim de obter melhor ranking pro chaveamento dos torneios no saibro..

Destaque positivo pro Heide, q tem pouquíssimos pontos a defender nesse 1° semestre e terá todas as chances do mundo de conseguir ranking pros Qualys de RG e Wimblendon..

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da decisão em Monte Carlo

Medvedev em outro ataque de fúria e desconta na raquete

PUBLICIDADE